quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Finalmente...

A terceira leitura deste ano foi dificil de encontrar. Após iniciar alguns livros e de os colocar de parte, não por falta de qualidade, mas antes porque eu não conseguia entrar no enredo. Estava a dar em "doida" na minha busca por um livro ao qual eu me entrega-se de coração...

Agora posso dizer que estou a deliciar-me com este livro magnífico de Guillaume  Musso, após já ter lido um livro deste escritor, no ano de 2010...estou simplesmente rendida a este escritor...

Espero em breve postar no blog a minha singela opnião. Até lá desejo deliciosas leituras;)

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Atmosferas complicadas...


Definitivamente não sei o que se passa comigo, aliás na volta não se passa nada, eu acho que sou mesmo assim...indefinita. Adoro ler, os livros são a minha paixão disto eu não tenho dúvidas. Mas existem períodos em que simplesmente não consigo manter uma leitura até ao final, não consigo entrar no espírito do livro. Então, quando isso acontece  eu entro num estado de irritabilidade literária...
Simplesmente frustante, para quem tem uma biblioteca muito extensa (2551 livros) e não se consegue decidir por um livro é no minímo sorreal...na volta é exactamente por ter tantos que me dou ao luxo de começar um e deixar a meio pegando  noutro de imediato.
Esta instabilidade literária deixa-me chateada e aborrecida.Porquê? Por que como gosto de ler queria pegar num livro que me agarra-se a ele, um livro em que eu entra-se na história e não desse conta do desfolhar das páginas. Eu sei que os livros que tenho em stand by são optimos mas não consigo entrar na história e entregar-me ao livro de corpo e alma neste momento.
Talvez por andar com muito trabalho esteja a ter esta dificuldade em me entregar a um livro, a uma história... Será que ainda vai durar muito tempo esta minha inconstancia literária? Por vezes até penso que não tenho o verdadeiro espírito de leitora, que devora um livro do início ao fim seja ele qual fôr, mas eu gosto de ler e muito. O que acontece é que existem momentos em que tenho uma enorme dificuldade em me entregar ao livro, em viajar pela narração e entrar nas personagens, logo quando isto não acontece eu perfiro pousar o livro e pegar noutro. Contudo não abandono o livro, simplesmente deixo durante um período mais ou menos longo, até que a curiosidade de continuar a sua leitura volte.
Não adianta eu sou mesmo muito inconstante na escolha dos livros e nos períodos de trabalho ainda mais. Queria tanto não ser assim...mas que vou eu fazer? Nada a não ser pegar noutro livro à espera que esse seja o tal.
Boas atmosferas literárias.

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Português Suave

O que tenho dizer sobre este livro é muito pouco, quase nada. Posso dizer que as minhas espectativas quando iniciei esta leitura eram baixas, aguardava por uma leitura leve e até banal. Mas o que obtive ainda foi muito pior. Não quero escrever mais nada sobre este livro, somente que não gostei e não devo voltar a ler mais nada desta senhora.