quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Morte na Arena é o nono thriller de Pedro Garcia Rosado


Morte na Arena é o nono thriller de Pedro Garcia Rosado, o segundo volume da série As Investigações de Gabriel Ponte (Ed. Topseller / 352 pp / 16,49€), e está desde de hoje disponíveis nas livrarias em todo o país.
Morte com Vista para o Mar, o primeiro volume publicado em fevereiro de 2013, foi recebido pela crítica com entusiamo. Escritor e tradutor profissional, Pedro Garcia Rosado elegeu o policial como o seu género de eleição, sendo o único autor português de thrillers a publicar um livro por ano na área da literatura policial. As suas narrativas vibrantes e contemporâneas têm conquistado os leitores portugueses que gostam de adrenalina e de enredos repletos de mistério e suspense.
Pedro Garcia Rosado foi jornalista em O DiárioO Jornal e no Diário de Notícias, colaborador no Expresso e na Grande Reportagem (1.ª série). Foi ainda crítico de cinema no Se7e e JL.
Depois da aposta em James Patterson (o mais bem-sucedido autor em todo o mundo, com 280 milhões de livros vendidos) e Janet Evanovich (75 milhões), autores de algumas das séries policiais mais lidas em todo o mundo, a Topseller mantém a aposta em Pedro Garcia Rosado, cumprindo a missão de publicar e promover autores nacionais de qualidade.
SINOPSE:

«Quatro homens aparecem mortos num prédio devoluto, ao lado de um braço decepado que não pertence a nenhum deles. Com o passar dos dias começam a surgir outros membros humanos espalhados por Lisboa, até ser evidente que são partes do corpo de uma jovem de dezasseis anos, filha de um dirigente político, que foi assassinada e que estava desaparecida havia meses.
As investigações destes casos estão a cargo da inspetora-coordenadora da  PJ, Patrícia Ponte, ex-mulher de Gabriel Ponte, que enfrenta agora obstáculos dentro da própria PJ, além da pressão do ex-marido, que quer informações sobre o caso, e da jornalista Filomena Coutinho, que foi a causa da separação deles.
Os três acabam por descobrir um inferno escondido nos túneis subterrâneos de Lisboa: uma arena onde especialistas em combate corpo a corpo massacram homens e mulheres, numa imitação dos combates de gladiadores da Roma Antiga.»
 A Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata: www.topseller.pt/docs/MortenaArena.pdf
Excerto da crítica de Rui Azeredo – Blogue Porta-Livros (www.porta-livros.wordpress.com)

« O que Morte na Arena nos revela é um verdadeiro submundo no subsolo de Lisboa, os alicerces poders e corrompidos de uma cidade aparentemente luminosa a límpida. Leva-nos a pensar no que estará pode debaixo das aparências, do que se vê. Este policial, tal como os anteriores do autor é, ao fim ao cabo, uma obrade denúncia onde não é poupada a nossa sociedade, Um livro muito atual que se lê num ápice, como qualquer bom policial, e perante o qual se percebe que o autor sabe o que faz, não só por dominar sem mácula este género literário como por, a nível de enredo, dar ideia de saber muito bem em que meios se movimenta, o que não deixa de ser assustador. Se a nossa sociedade é mesmo assim...»
Pedro Garcia Rosado está, naturalmente, disponível para falar sobre o seu percurso literário: pedro.garcia.rosado@gmail.com .
Para mais informações sobre o livro, imagens ou qualquer outro assunto: joana.lopes.freitas@2020.pt /962355515

Sem comentários:

Enviar um comentário