terça-feira, 25 de agosto de 2015

Minha opinião sobre o livro "Eu, Malala" de Malala Yousafzai e Christina Lamb


Eu, Malala
Christina Lamb, Malala Yousafzai
Edição/reimpressão:2013
Páginas: 352
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722351737
Preço:16.90 euros
A minha luta pela liberdade e pelo direito à educação
A voz de uma adolescente que desafiou os talibãs
Comecei a ler: 19-08-2015
Terminei de ler:25-08-2015
Sinopse:
«No dia 9 de outubro de 2012, Malala Yousafzai, então com 15 anos, regressava a casa vinda da escola quando a carrinha onde viajava foi mandada parar e um homem armado disparou três vezes sobre a jovem. Nos últimos anos Malala - uma voz cada vez mais conhecida em todo o Paquistão por lutar pelo direito à educação de todas as crianças, especialmente das raparigas - tornou-se um alvo para os terroristas islâmicos. Esta é a história, contada na primeira pessoa, da menina que se recusou a baixar os braços e a deixar que os talibãs lhe ditassem a vida. É também a história do pai que nunca desistiu de a encorajar a seguir os seus sonhos numa sociedade que dá primazia aos homens, e de uma região dilacerada por décadas de conflitos políticos, religiosos e tribais. Um livro que nos leva numa viagem extraordinária e que nos inspira a acreditar no poder das palavras para mudar o mundo.»retirado do site wook
Malala Yousafzai, 16, and Her Miraculous Story of Surviving Being Shot by the Taliban:
Discurso de Malala na ONU:

Malala Yousafzai receives Nobel Peace Prize 2014:

Minha opinião:
"Eu, Malala" é um livro forte, poderoso e acima de tudo um ensinamento de vida. Este livro para além de nos fazer o relato da história de vida de Malala Yousafzai, é um livro que me fez pensar, refletir sobre qual o papel de cada um de nós na sociedade actual. Perante os enormes e monstruosos problemas que Malala passou ela nunca desistiu do seu sonho, que era e continua a ser: O direito à educação das crianças em todos os  países nomeadamente no seu, o Paquistão. Ela lutou com todas as suas forças, pela igualdade de géneros. Todas as crianças têm direito a uma educação digna e a escolas para onde possam ir estudar sem serem atacados por talibãs.
Este não é um livro leve, é sim um livro emocionante, que mostra o medo e a aflição que é viver no meio de um regime como é o Talibã.
Malala usou a palavra, e esta foi a sua forma de luta contra o regime que amedrontava o seu povo, através da palavra ela deu a conhecer diante todo o mundo o que era viver sobre a pressão de um regime totalitário, em que, essencialmente as mulheres   não têm qualquer tipo de direitos.
O facto de ela ter sido baleada, pelo simples facto de querer estudar, e ter conseguido sobreviver, veio reforçar em Malala uma maior vontade de luta em procura de maiores igualdades e direitos, para as mulheres, crianças e para todo o ser humano.
Este foi essencialmente um livro de reflexão, um livro para pensar, e motivar por lutar sempre com um sorriso por um mundo melhor.
Adorei este livro, apesar de não ter sido um livro fácil em termos emocionais, pois levou-me à revolta umas quantas vezes, mas é um excelente relato de vida.
Recomendo vivamente esta leitura. Vai ficar com uma nova visão da vida.
Classificação de 5 estrelas porque não existem 6 no Goodreads.
Boas leituras!

13 comentários:

  1. Oi, Carla!
    Desde o lançamento desse livro já ando querendo ler, mas só enrolando. Depois de ver sua opinião minha vontade aumentou ainda mais, deve ser um livro e tanto, pois já vi uns vídeos da Malala e são admiráveis. Adorei a indicação!!

    Beijo.
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Wis,
      Este livro é lindo, mas acima de tudo uma grande lição de vida e aprendizagem.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  2. Olá Carla
    Também estou a ler este livro, embora ainda esteja relativamente no inicio. Mas estou a gostar, realmente abre-nos os olhos para outra realidade.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Acredita que vais adorar.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  3. Ois,

    Deve ser uma leitura bem comovente e sem duvida um exemplo de coragem e de vida....ainda nos queixamos que coisas por vezes tão banais ;)

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá migo,
      É uma leitura extraordinariamente bela, um exemplo de coragem e de força interior. Mas também de sofrimento e de dor.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  4. Olá Carla,
    Também já li este livro e gostei imenso. Gosto de memórias, histórias de vida e biografias.
    Um livro pesado e forte, que nos faz pensar naquilo que temos e podemos deixar passar :)
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isa,
      Concordo plenamente contigo.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  5. Olá,
    Ainda não li o livro mas Malala é uma grande mulher e se houvessem mais pessoas assim seria um mundo melhor.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Este livro é emocionante, lindo e uma enorme lição de vida.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  6. Olá,
    Este livro deve realmente uma ótima leitura, mas acima de tudo uma enorme lição de vida porque sinceramente acho que deveriam existir mais pessoas assim no mundo.
    Deve ter sido realmente uma boa leitura e gostei muito da tua opinião. :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Este livro fazes-me refletir sobre o valor do das coisa que realmente têm valor, a liberdade, a humanidade, a tolerância. Recomendo-o a todas as pessoas que gostem de ler;)
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  7. Olá Carla
    Não costumo ler biografias nem histórias de vidas mas tenho curiosidade na Malala. E se não estou em erro até o tenho em ebook e com a tua opinião a ver se o leio em breve.
    Beijinhos

    ResponderEliminar