sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Minha opinião sobre o livro "O Verão das nossas Vidas" da escritora Luanne Rice

O Verão das Nossas Vidas
de Luanne Rice
Em Capri, uma ilha marcada pela beleza intemporal, um novo amor floresce...
Edição/reimpressão:2010
Páginas: 290
Editor: Quinta Essência
ISBN: 9789898228291
Preço:16,60 euros
Comecei a ler:13-08-2015
Terminei de ler:14-08-2015
Sinopse:
«Capri: uma ilha lendária, mergulhada em sabedoria e mistérios seculares… 
Uma mulher que aprende finalmente a confiar na vida e no amor… 
Mãe e filha, separadas durante anos, à procura de uma forma de enfrentarem juntas o futuro… 
Há dez anos, Lyra Davis deixou para trás as pessoas que mais amava, incapaz de reconciliar as expectativas da família com as aspirações do seu próprio coração. Agora vive tranquilamente no meio de uma comunidade de expatriados em Capri, aprendendo devagar, com cuidado e pela primeira vez, a viver em pleno, desabrochando graças à amizade de um homem único que reconhece nela a sua alma gémea. 
Em Newport, Rhode Island, Pell Davis está preparada para assumir o seu lugar entre a elite local. Porém, tanto ela como a irmã mais nova, Lucy, ainda suspiram pela mãe que as abandonou quando eram crianças, para serem criadas pelo pai que as adorava. Pell acha que conhece os motivos da sua mãe, que julgava poder amá-las melhor se partisse. Mas agora, com o pai morto, Pell decide atravessar o oceano para encontrar a mãe de quem se recorda e as verdades escondidas que Lyra nunca fora capaz de contar… 
Sentimental e inesquecível, O Verão das Nossa Vidas revela como um romance improvável dá nova forma ao significado do amor e uma família resiste ao reavivar de memórias para encontrar um novo caminho
.»retirado do site wook

Críticas de imprensa:
«Irresistível… A narração é tão viva que quase se sente o cheiro a maresia.»
Orlando Sentinel 

«Ambientado em Capri, este é um romance tocante e inesquecível.»
Publishers Weekly 

«Luanne Rice tem conquistado milhões de leitores ao envolvê-los em romances marcados pelos dias quentes e salgados do Verão…»
USA Today 

«Este livro ensina-nos o verdadeiro significado do amor e do perdão.»
Booklist 

«Um romance profundamente emotivo sobre o amor, a família, a amizade e a importância da reconciliação.»
Hartford Magazine 

«Uma história inesquecível que nos diz que, às vezes, para enfrentar o futuro é preciso fazer as pazes com o passado.»
WOW, The Women on the Web

Minha Opinião:
Já não lia Luanne Rice faz alguns anos, mas recordo que o livro que li dela foi "Tua para Sempre" e gostei muito desta leitura. Luanne Rice é uma escritora que mexe com as emoções e os seus temas são sempre, pelo menos nestes dois livros que li, relacionados com sentimentos de perda.

Na leitura deste livro existiu uma frase que me ficou na mente:

"Os golfinhos são animais emocionais, como as pessoas. São capazes de amar, de serem leais, de permanecerem juntos durante toda uma vida. Se algum dia forem separados dos seus filhotes, arrancados uns dos outros, os pais sofrem e carpem." pág.17

Esta frase está muito relacionada com o tema abordado ao longo deste livro. O enredo é baseado na história de uma mãe, Lyra, que abandona as suas duas filhas, Pell de seis anos e Lucy de quatro anos. Lyra deixa as filhas, o marido e uma vida de alta sociedade para ir viver para Capri, onde tenta encontrar-se, renovar-se e voltar a ter a sua paz interior.
Os anos passam Lyra não perde o rasto das suas filhas, estas são criadas pelo pai, que é um ser humano extraordinário, carinhoso, meigo, que tenta dar às suas duas filhas tudo o que um pai dá e o que uma mãe também daria se estivesse presente. Nunca de modo algum ele culpabiliza Lyra pelo abandono das suas filhas, ele amou essa mulher até ao fim dos seus dias, e tenta aceitá-la tal e qual como ela é. Dizendo sempre às suas duas filhas que a mãe pode não estar presente mas que as ama muito acima de tudo.
Mas o improvável acontece e estas duas meninas agora adolescentes perdem a única referencia que tinham, o seu pai morre.
Após a morte do pai Pell a irmã mais velha que tem agora 16 anos decide ir ter com a sua mãe, dado que Lucy começa a sofrer de distúrbios de sono, sonambulismo e pesadelos, Pell decide deixar a sua irmã mais nova com a poderosa avó e com o seu namorado.

Quando chega a Capri o encontro entre Pell e Lyra não é fácil, existem muitas coisas por explicar. O que leva uma mãe a abandonar o seu lar, as suas duas filhas tão pequenas que tanto precisam  dela? 


A escrita de Luanne Rice é muito agradável e este livro tal como o anterior leu-se bastante bem e rapidamente.

Acima de tudo esta é uma história que fala de amor e de amizade, de reencontros familiares e da importância de saber perdoar. Como leitora não fiquei de modo algum indiferente a estas personagens, nem aos seus momentos de tristeza, alegria e esperança. É uma história comovente sobre erros do passado que, embora não possam ser apagados, podem ser transformados num presente e futuro melhores.

Recomendo vivamente a leitura deste livro.
Classificação de 4 estrelas no Goodreads.
Boas leituras!

6 comentários:

  1. Olá Carla
    Nunca li nada da autora mas tenho muita curiosidade. Este parece um bom livro.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Depois de começar a ler o livro é tomei conta das saudades que tinha de ler esta escritora;)
      Ainda tenho mais um livrinho dela na estante "Segredos de Paris".
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  2. Olá Carla
    Nunca li nada da autora mas parece ser interessante =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Esta escritora pelo que me apercebi pelos dois livros que li dela trabalha muito com os sentimentos e eu gosto muito disso.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  3. Olá,
    Não conhecia a autora, pelo que nunca li nada dela, mas este livro parece ser bom.
    Tem uma capa muito bonita! :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Eu gosto da autora é o segundo livro que leio dela, confesso que gostei mais do primeiro.
      A sua escrita é muito emocional e eu gosto disso.
      Beijos.

      Eliminar