terça-feira, 17 de julho de 2018

Opinião "Às Cegas" do escritor Josh Malerman


Sinopse:

Não abra os olhos. Há algo terrível lá fora.

Num mundo pós-apocalítico tenso e aterrorizante que explora a essência do medo, uma mulher, com duas crianças, decide fugir, sonhando com uma vida em segurança. Mas durante a viagem, o perigo está à espreita: basta uma decisão errada e eles morrerão. Cinco anos depois de a epidemia ter começado, os sobreviventes ainda se escondem em abrigos, protegidos atrás de portas trancadas e janelas tapadas.
Malorie e os seus filhos conseguiram sobreviver, mas agora que eles têm 4 anos chegou o momento de abandonar o refúgio. Procurar uma vida melhor, em segurança e sem medos.
Num barco a remos e de olhos vendados, os três embarcam numa viagem rio acima. Apenas podem confiar no instinto e na audição apurada das crianças para se guiarem. De repente, sentem que são seguidos. Nas margens abandonadas, alguém observa. Será animal, humano ou monstro?
Um suspense inquietante que relembra as melhores histórias de Stephen King.

Opinião:

Assim que li a sinopse deste livro, percebi que ia entrar numa zona fora da minha habitual zona de conforto. Mas estava muito alegre pois ia ler pela primeira vez um livro de terror.
Quando comecei a ler este livro estava a contar com um livro de terror (como já referi).
Bom o que dizer??? Honestamente foi um livro que me desiludiu muito. Considerando que ia ser o meu primeiro livro de terror e após ter lido algumas opiniões que apontavam para esse facto, em nenhum momento senti que estava a ler um livro de horror. O enredo tinha "pernas para andar" e podia ter sido realmente um livro assustador. Como leitora, não consegui sentir angústia, ansiedade muito menos medo ao ponto de me agarrar às páginas e não conseguir parar. Já li livros de suspense que me conseguiram prender mesmo muito, um exemplo foi "Escrito nas águas" e "A rapariga do Comboio" que são da mesma escritora.
Sei que o livro vai ser adaptado para cinema e acho que desta vez vou gostar mais do filme do que do livro. Mas depois logo direi algo por aqui.
Se me perguntarem em que género literário enquadraria este livro, certamente não sou perita nisso, nem de perto, mas seria Distopia. Não compreendo como ganhou o prémio de melhor livro de horror. Mas esta é a minha opinião. Como nem tudo foi mau, confesso que achei a ideia de viver num mundo completamente às cegas foi uma ideia muito interessante e que me vez pensar como seria, talvez por esse facto leve as 3***.

Classificação 3*** no Goodreads.

Excelentes leituras! 

Sem comentários:

Enviar um comentário