quinta-feira, 1 de julho de 2010

Os Direitos Inalienáveis do Leitor...

"1.O direito de não ler
2. O direito de saltar páginas
3. O direito de não acabar um livro
4. O direito de reler
5. O direito de ler não importa o quê
6. O direito de amar os heróis dos romances
7. O direito de ler não importa onde
8. O direito de saltar de livro em livro
9. O direito de ler em voz alta
10. O direito de não falar do que se leu."
Bom ando a atravessar uma fase que não sei o que ler, comecei a ler "A vida num sopro" tenho noção que é uma leitura leve e agradável mas não me apetece, mas pior é não saber o porquê...
Li dois livros da Sveva Casati de seguida e tenho mais sete em casa para ler e sinceramente é uma leitura que se "entra" no imaginário para o qual a escritora nos quer levar com muita facilidade, agora não ando com cabeça para mais por isso vou regressar a Itália e a Sveva Casati. Ainda andei a marterizar-me mas peguei no livro de Pennac para voltar a reler os Direitos Inalienáveis do Leitor, e apesar de não gostar nada de colocar um livro de parte, mesmo sabendo que é temporariamente, pois sinto-me sempre tão culpada, mas agora a minha cabeça anda a mil e nada como um livro mais soft para eu entrar mais facilmente na historia.
Apesar de este livro do José Rodrigues dos Santos já me parecer Bastante Soft... mas ainda quero mais, nem sei bem o que quero e nem sei se vou pegar em algo... Detesto quando tenho tanta coisa para ler e não me apetece nada e pior é que nem comprar me apetece, mas alguém compreende esta cabecinha!

8 comentários:

  1. Sabes que também me acontece isso? Ter montes de livros, estar a ler um livro que queria ler, mas que agora já não cativa tanto, e também não apetecer pegar noutro ou comprar outro!
    Há fases assim...o melhor é deixar passar uns dias, umas semanas, e ver o que dá...às vezes dá mesmo vontade de pegar noutro livro, e assim voltasse ao "normal" :D

    ResponderEliminar
  2. Olá Carlinha!

    Adore estes nossos direitos de leitores e faço uso deles montes de vezes :D

    São fases que passamos. Também me acontece a mim. Na última que tive, estive uns meses sem ler um livro sequer. Mas depois voltei ao activo. Tenta apenas ler o que gostas e quando tiveres vontade! A leitura deve ser um prazer e nunca um dever.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Carlinha,
    gostava de te fazer um pedido...
    por acaso poderia copiar "Os Direitos Inalienáveis do Leitor" para também colocar no meu blog? é que achei fantástico..e claro, diria que era retirado do teu blog :D

    ResponderEliminar
  4. Kel e Laelany

    Olá amigas ainda bem que me entendem já estou a " desesperar " não estou mesmo com cabeça para nada de nada, pensei por um momento que esta a ser uma tonta com tantas histórias lindas para me envolverem e eu a não querer nenhuma.Obrigada pelo vosso apoio pois para quem ama ler isto´pode tornar-se um problema, não me conheço sem estar dentro de um livro, bom acho que vou realmente voltar à Sveva Casati, ACHO QUE VOU ENJOAR, MAS ATÉ LÁ SEMPRE ANDO EM ALGUMA ATMOSFERA.

    Kel claro que podes copiar e não tens que colocar de onde tiras-te, estes direitos estão na capa de livro de Daniel Pennac que tem por titulo: «Como um romance».

    Muitos Beijinhos amigas e boas atmosferas...

    ResponderEliminar
  5. Olá!

    Eu julgo que é normalmente ter este tipo de comportamento.
    Tal como a Kel disse, deixa passar uns dias, aproveita e relaxa (talvez seja a falta de férias, de descanso, ...)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  6. Pois é Ana na volta eu é que não tinha tido nenhuma crise desta, ou se tive não dei conta...;)
    Muito obrigada pelo carinho.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. É isso mesmo..relaxa que vai passar!
    Brigada pelos "Direitos", assim ponho direitinho que onde eles são. Não conhecia e fiquei a adorá-los!
    Boas leituras..e relaxa...vais ver que é a falta de férias! :D

    ResponderEliminar
  8. Isso é normal, pelo menos comigo acontece-me de vez em quando. Não gosto mas acontece. :) Normalmente é porque ando a ler muito, mais do que o normal, e às tantas sinto necessidade de fazer uma pausa, de arrumar as histórias na minha cabeça. A vontade volta naturalmente, mas podes sempre "forçá-la" com um livro que saibas que vais gostar e que não seja muito pesado.

    Boas leituras!

    ResponderEliminar