quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

2 # Opinião | "A Prometida do Capitão" de Tessa Dare

Sinopse:
"Maddie é bonita e talentosa, pelo que todos esperam que ela se case em breve. Mas Maddie é muito tímida em relação aos homens, além de ter um medo terrível de espaços públicos e multidões.
Para se livrar de ter de ir a festas e ser cortejada, ela inventa um noivo imaginário: um capitão escocês de nome MacKenzie, muito apaixonado e dedicado, a quem escreve cartas onde revela os seus mais íntimos desejos e anseios. Aproveitando as prolongadas ausências do capitão, que vive convenientemente longe por causa da guerra, Maddie vai conseguindo escapar à pressão de se apresentar à sociedade.
Anos depois, porém, o inimaginável acontece: o capitão, produto da sua imaginação, aparece-lhe em carne e osso. Este capitão Logan MacKenzie é um soldado atraente, mas rude e selvagem. E o pior de tudo é que tem na sua posse as cartas de Maddie, aquelas que ela escreveu ao seu noivo fictício, e que contêm segredos inconfessáveis.
Agora, o capitão pretende fazê-la cumprir todas as promessas que ela lhe fez e que nunca esperou ter de concretizar…"goodreads

Opinião:
Este é o primeiro livro que li para #janeirodeépoca. Nunca li nada desta escritora, contudo pelo que tenho lido parti com as expectativas em alta e confesso que Tessa Dare não me desiludiu.

Madeline Eloise Gracechurch (Maddie, para os amigos e família) é a protagonista feminina desta história, ela é uma rapariga muito peculiar, por algum motivo que será revelado ao longo do avanço no enredo, ela para além de ser muito tímida ela tem medo de estar em locais com muitas pessoas. Obviamente, este seu medo não é nada bom para quem tem de ir aos bailes das temporadas londrinas. 
Como Maddie não é dada a essas temporadas, tem que arranjar uma boa desculpa para seu pai (ela perdeu a mãe, quando tinha 7 anos). Ela pensou, uma adolescente de 16 anos tem uma mente muito fértil...não duvidem. Assim sendo Maddie inventa no seu imaginário o Capitão Mackenzie, um escocês que ela conheceu (na sua história, ela conheceu), numa praia em Brigthon e que por pura coincidência foi chamado para lutar por Inglaterra. Mas antes de partir deixou Maddie loucamente apaixonada e fez dela sua noiva.
Desta forma Maddie não teve de comparecer a nenhum baile londrino. Mas os anos foram passando e ela sempre trocava correspondência com ele, mas ele nunca mais voltava (não existia, não podia voltar). Foi quando Maddie decide "matar" o Capitão e desta forma faz o luto por ele e vai para um castelo que foi o seu tio que lhe deu, na Escócia, para onde ela e a sua tia vão viver. 
Quando Maddie pensava, puder dedicar-se à sua grande paixão que era a ilustração de animais embalsamados ou aos rituais de acasalamento de alguns animais, Maddie é surpreendida pelo Capitão Mackenzie, afinal ele existe? Sim existe e para saberem mais leiam o livro pois é muito engraçado, mesmo!
Ri muito com a forma desta escritora escrever e relatar as situações mais patéticas entre este jovem casal... 

Classificação de 4**** no Goodreads.

Boas leituras!

Sem comentários:

Publicar um comentário