quarta-feira, 1 de julho de 2020

46 # Opinião | "Unicórnio contra duendes" de Dana Simpson

Sinopse:
As férias começaram! Isso significa que não há professores, não há livros, mas há imenso tempo para elogiar a boa aparência de Pureza das Narinas Celestiais. Neste terceiro volume, a Bia e a sua melhor amiga aprendem que o verão ainda tem muitas surpresas, entre a agência de detetives e o acampamento. Bia reencontra velhos conhecidos e faz novas amizades. Quando a escola recomeça, a Bia goza (ou sofre) de um breve caso de popularidade e defronta a rainha dos duendes. Através destas loucas aventuras, a Bia e a Pureza aprendem que a sua amizade é a segunda coisa mais mágica do mundo, logo após a beleza da Pureza, claro. 
Opinião:
Cada vez mais adoro ler estas bandas desenhadas. As histórias são sempre muito engraçadas.
Neste terceiro volume, a Bia e a Pureza vão para um campo de férias. A Sue é a sua companheira de quarto e é um pouco assustadora. Como refere na sinopse Bia vai ter um confronto com a rainha dos duendes.
Gostei muito, aconselho esta série a todos desde os 8 aos 100 (ou mais).
Classificação de 4**** no Goodreads.
Excelentes leituras!

terça-feira, 30 de junho de 2020

45 # Opinião | "Super - Narval e a Alfaísca" de Ben Clanton

Sinopse:
O SEGUNDO VOLUME DA MAIS DIVERTIDA COLEÇÃO DOS MARES.

O Narval e a Alforreca estão de volta em ação para uma SUPER aventura. Junta-te a eles enquanto encontram os super-heróis dentro de si em três novas aventuras submarinas. Na primeira, o Narval revela o seu alter-ego de super-herói e convoca a Alforreca para o ajudar a descobrir qual é o seu superpoder.
Em seguida, o Narval usa o seu superpoder para ajudar um amigo a encontrar o caminho de volta para casa. Por fim, a Alforreca sente-se triste e o Narval vem em seu socorro.
Opinião:
Mais um livro super divertido e muito educativo.
Não posso desenvolver muito sobre o enredo da história mas aconselho vivamente esta leitura a todos em especial aos jovens leitores.
Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelentes leituras!

segunda-feira, 29 de junho de 2020

44 # Opinião | " Narval - O Unicórnio das marés" de Ben Clanton

Sinopse:
Uma nova série de graphic novels com muito humor à mistura.
O Narval é um narval sortudo. A Alforreca é uma medusa sem sentido. Os dois podem não ter muito em comum, mas ambos adoram waffles, festas e aventuras.
Junta-te ao Narval e à Alforreca enquanto exploram o oceano juntos e descobre as alegrias da amizade, os benefícios de trabalhar em equipa e o poder da imaginação neste delicioso Narval: o Unicórnio dos Mares!
Uma nova série de graphic novels com muito humor à mistura. Cada livro contém três histórias.
Opinião:
Adorei, este pequenino livro é fantástico. Obviamente estas cinco estrelas não têm nada a ver co outra que atribui a livros de outros géneros. Este é um livro educativo e que aconselho a todos os pais e educadores a lerem e através desta leitura, tão simples, consigam despertar as novas mentes brilhantes a adquirir o prazer pela leitura.
Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelentes leituras!

sábado, 27 de junho de 2020

43 # Opinião | "Avozinha Gângster" de David Walliams


Sinopse:
O nosso herói, Ben, adormece só de pensar que tem de ficar em casa da avó. Que seca! É a avozinha mais aborrecida de sempre: só pensa em jogar jogos de tabuleiro e comer sopa de couve. Mas dois há segredos que Ben desconhece: 
• A sua avozinha é uma famosa ladra de joias.
• E toda a vida sonhou roubar como Joias da Coroa inglesa, e agora precisa da ajuda de Ben... Uma história sobre preconceitos e aceitação, cheia de piadas engraçadas e palavras tolas, ao estilo bem-humorado do comediante David Walliams, com mais de 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.
Opinião:
Adorei esta leitura, ri tanto e ao mesmo tempo fiquei triste.
Esta é uma história que relata a relação entre a avó e o seu neto. Todos os netinhos e avozinhas e pais deviam ler este livro. Numa sociedade que cada vez mais esquece os seus velhos esta é uma história, muito divertida, mas carregada de ensinamentos.
Classificação de 4**** no Goodreads.
Excelentes leituras!

terça-feira, 23 de junho de 2020

42 # Opinião | "Luísa - As histórias da minha vida" de Luísa Ducla Soares

Sinopse:
"No ano em que assinala 50 anos de vida literária, Luísa Ducla Soares abre-nos a porta da sua intimidade ao recordar neste livro momentos da sua vida e da sua carreira que irão fazer as delícias de todos os seus leitores – crianças e não só!

Através de histórias, ilustrações e fotografias, ficamos a conhecer Luísa: a criança, a jovem, a mãe, a avó e a escritora. Não são, naturalmente, esquecidos os mais novos, inspiradores e destinatários de grande parte da sua obra."

Sobre a autora:
"Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa a 20 de julho de 1939. É licenciada em Filologia Germânica pela Universidade Clássica de Lisboa.
Iniciou a sua atividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido diretora da revista de divulgação cultural Vida (1971-2).
Colaboradora de diversos jornais e revistas, estreou-se com um livro de poemas, Contrato, em 1970.
Foi Adjunta do Gabinete do Ministro da Educação (1976-8).
Trabalhou de 1979 a 2009 na Biblioteca Nacional onde iniciou a sua atividade realizando uma bibliografia da literatura para crianças em Portugal. Foi assessora principal desta instituição e responsável pela Área de Informação Bibliográfica. Aí organizou, no centenário de Andersen, uma exposição, acompanhada de catálogo, sobre Andersen em Portugal e diversas exposições.
Dedicada especialmente à literatura para crianças e jovens, em prosa bem como em poesia, publicou mais de uma centena de obras neste domínio.
Muitos dos seus poemas foram musicados (por Suzana Ralha, Daniel Completo, João Portugal, Óscar Ribeiro e outros compositores) tendo sido editados em diversos CDs.
Escreveu guiões televisivos sobre língua portuguesa para os mais jovens.
É sócia fundadora do Instituto de Apoio à Criança.
Realizou todos os sites de Internet da Presidência da República para crianças e jovens no mandato do Presidente Jorge Sampaio.
Tem elaborado para o Instituto Português do Livro e das Bibliotecas e para o Ministério da Educação diversas publicações seletivas da literatura infantil nacional e internacional.

Junto de escolas e bibliotecas, desenvolve regularmente ações de incentivo à leitura.
Participa frequentemente em colóquios e encontros, apresentando conferências e comunicações sobre problemática relacionada com os jovens e a leitura e sobre literatura para os mais novos.
Recusou, por motivos políticos, o Grande Prémio de Literatura Infantil com que o SNI pretendeu distinguir o seu livro História da Papoila em 1973. Recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian para o melhor livro do biénio 1984-5 por 6 Histórias de Encantar e foi galardoada com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian pelo conjunto da sua obra em 1996. Foi candidata de Portugal ao Prémio Andersen.
Em 2004 foi escolhida pela Secção Portuguesa do IBBY (International Board on Books for Young People ) como candidata ao Prémio Hans Christian Andersen .
Em 2009 a Sociedade Portuguesa de Autores distinguiu-a com a sua Medalha de Honra.
Em 2010 foi proposta pela DGLB como candidata de Portugal ao Prémio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil."

Opinião:
Não posso deixar de referir que as ilustrações deste livro estão muito bem conseguidas, parabéns à ilustradora Ângela Vieira.
A história de vida de Luísa Dulca Soares é cheia de altos e muitos altos, a forma como ela conta as suas peripécias é encantadoramente fascinante, fiquei a conhecer aspetos da sua vida que me encantaram. Luísa tem uma vida cheia de amor, amizade e muita alegria.
Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelentes leituras!

41 # Opinião | " Marionetas sem fios" de Tadea Lizarbe

Sinopse:

"Atreve-te a descobrir os segredos da alma humana.
Bruna e Ada, a futura subinspetora da polícia de San Sebastián e a taquígrafa do tribunal, têm mais coisas em comum do que pensam. A Indiscreta e a Velha Conhecida, impulsos reprimidos, um lado sombrio e escondido há muitos anos que aflora quando tocam nas teclas certas... e que pode ser usado para o bem ou para o mal. 
Como elas, o leitor também é uma marioneta de quem move os fios desta história em que os desejos e as ansiedades podem transformar uma pessoa e levá-la para o seu lado mais sombrio. Ada e Bruna querem saber quem as manipula. 

Qual é o nome do seu próprio marionetista?"

"Um thriller trepidante que decorre no âmbito da saúde mental, algo que ela conhece perfeitamente, já que trabalha como terapeuta ocupacional."
Todoliteratura.com

Opinião:
Este foi o primeiro livro que li de Tadea Lizarbe, contudo após uma pesquisa fiquei a saber que tem um outro livro lançado em portugal, "Pensamento Intruso", que foi lançado no nosso país no ano de 2019.
Gostei muito da história destas duas personagens principais: Bruna e Ada. A forma como o livro está escrito é fabulosa, o enredo é muito bom. Temos a Bruna e a Ada que quando eram pequenas tinham uns comportamentos não muito normais, por exemplo, a Ada uma vez na escola cortou a cabeça a muitas sardanitas e espalhou pelo pátio onde os amigos brincavam, também tinha o hábito de entrar na casa dos vizinhos, não para roubar, mas para mudar tudo de sítio e depois ficava a ver os mesmos a discutir, contudo todos sabiam que era ela. Os pais de Ada não sabiam o que fazer. Quando ela conhece o homem com quem casa muda de comportamentos e a Velha Conhecida fica no passado, na sua adolescência e infância.
Bruna, também teve uma infância com comportamentos estranhos, um dia os pais foram chamados à escola porque ela levou para a aula de ciências um gato morto com as tripas de fora, ela referiu ao professor que era para estudar a sua anatomia e disse ao diretor da escola que o tinha encontrado morto, mas não foi bem assim. Bruna, cresceu e A Indiscreta, cresceu com ela, Bruna tornou-se polícia. 
Estas duas mulheres cruzam as suas vidas quando o marido de Ada morre e Bruna vai com o seu colega de profissão informar Ada do sucedido. Ada vai para o hospital psiquiátrico e sai voltando para o seu trabalho, mas esta Ada é já a Velha Conhecida, voltou a ter comportamentos estranhos e maus.
Este livro prendeu-me desde o início até ao fim adorei a leitura, o final tudo nele e Ada e Bruna são personagens doidas mas que eu amei. 
Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelentes leituras!

domingo, 21 de junho de 2020

40 # Opinião | "A história de uma serva" Graphic Novel de Margaret Atwood e Renée Nault

Sinopse:
Tudo o que as Servas usam é vermelho:
a cor do sangue, que nos define

"Defred é uma Serva na República de Gileade, onde o trabalho, a leitura e a formação de amizades estão vedados às mulheres. Está ao serviço do Comandante e da sua mulher e, na nova ordem social, tem um único propósito: uma vez por mês, tem de se deitar de costas e rezar para que o Comandante a engravide, porque, numa era de nascimentos em declínio, Defred e as outras Servas são valorizadas apenas se forem férteis. Mas Defred lembra-se dos anos antes de Gileade, em que era uma mulher independente, com um emprego, uma família e um nome seu. Agora, as suas memórias e a sua vontade são atos de rebelião."
"Provocador, chocante, profético, A história de uma serva" transformou-se há muito num fenómeno global. Com esta belíssima adaptação do clássico contemporâneo de Margaret Atwood, executada de forma extraordinária pela artista Renée Nault, o mundo aterrador de Gileade ganha vida como nunca antes."

Opinião:
Confesso que estou sem saber o que escrever o que dizer, mas uma coisa é certa este livro tem um enredo fabuloso, extraordinariamente muito bom, mas sendo uma Graphic Novel a Renée Nault fez um trabalho fabuloso.
Trata-se de uma distopia mas de uma qualidade extrema, no final da leitura, até dei por mim a onde perguntar onde está este mundo, e a questionar-me será que isto vai ser o meu futuro ou será que já foi o passado?
Esta história está tão bem construída e tão bem ilustrada que eu entrei na República de Gileade e senti que estava a observar tudo o que  estava a acontecer com todas as mulheres que mesmo pertencendo a "estatutos sociais" muito distintos, todas elas, são retratadas como ""vítimas"" do machismo e da política masculina. Contudo, também existem personagens masculinas que, não tanto, mas acabam por ser sofredoras deste regime. 
Adorei, não sei quando vou ler o livro (mas vou ler), mas este é 5 estrelas no Goodreads e muitas, muitas estrelas para mim como leitora.
Este foi o primeiro livro que li para a Maratona Literária de Verão 2020 e posso afirmar que entrei com o pé direito. 
Excelentes leituras!

sábado, 20 de junho de 2020

Maratona literária de Verão 2020


Esta é uma Maratona de Verão diferente, para além dos 20 tópicos "obrigatórios" coloquei o número de páginas lidas. Ou seja, dentro de cada tópico para além de escolhermos o livro correspondente, convêm escolher o que tem mais páginas. Outra alteração que existe nesta maratona é a possibilidade de alterar alguns tópicos e adaptá-los aos livros que têm em casa.
Vou deixar-me levar pelo sonho, vou tentar os 40 tópicos, quero muito deitar a baixo a minha pilha de livros por ler aqui na minha estante.

Tópicos para a Maratona literária de Verão:
1- Ler um YA/Jovem Adulto
272 páginas
2- Terminar um livro que estejas a ler_Lido_5***** 
301 páginas
3- Ler um Thriller/Suspense/Terror


264 páginas

4- Ler um Romance / Drama

552 páginas
5- Ler um Clássico
400 páginas
6- Ler um livro da tua autora favorita
400 páginas
7- Ler um contemporâneo

366 páginas
8- Ler uma Distopia / Ficção Científica
392 páginas
9- Ler um Romance de época
383 páginas
10- Ler uma Fantasia_Lido_5***** 
80 e 64  páginas
174 páginas
11- Ler livro de um(a) autor(a) nacional
360 páginas
12- Ler uma Graphic novel, Banda desenhada ou Mangá _ Lido_5***** 
240 páginas
13- Ler um livro infantil_Lido_5***** 
80 páginas
14- Ler um livro Adulto / Ficção Adulta
277 páginas
15- Ler um Policial
304 página
16- Ler um livro com capa amarela
201 páginas
17- Ler um livro com capa verde
284 páginas
18- Um livro que já era para ser lido em 2019
336 páginas
19- Um livro que foi hype antiga (que já fez sucesso há muito tempo)
661 páginas
20- Um(a) autor(a) que você nunca leu antes
376 páginas
21- Com a palavra Verão na capa

224 páginas
22- Que alguém aconselhou a ler
290 páginas
23- Uma protagonista feminina
320 páginas
24- Comprado em uma promoção
312 páginas
25- Autor(a) muito conhecido(a)
520 páginas
26- Uma capa que lembre o verão
416 páginas
27- Um livro que sempre teve "medo" de ler
320 páginas
28- Com algum elemento de humor (não precisa ser, necessariamente, uma comédia)
383 páginas
29- Trate de uma questão social 
264 páginas
30- Publicado em 2020
528 páginas
31- Livro de estreia de um(a) autor(a) de estreia (ou o primeiro livro lançado em Portugal)
288 páginas
32- Um título curto 
392 páginas
33- Escrito por mais do que um(a) autor(a)
349 páginas 
34- Passado num país que queres visitar

382 páginas
35- Título que tem 15 ou mais letras
435 páginas
36- Autor (a) europeu (não entra Portugal )
320 páginas
37- Ler um livro do Plano Nacional de Leitura_Lido_4***

256 páginas
38- Ler um romance histórico 
272 páginas
39- Um livro que está à muito tempo na estante
160 páginas
40- Começar, continuar ou terminar uma trilogia

320 páginas

Fora esta Maratona estou a participar numa Leitura "conjunta" mensal organizada pela Dora Santos Marques e Sandra Sousa no BookTube que consiste em ler um livro por mês da escritora Jodi Picoult, quem quiseres participar pode pesquisar #lerjodipicoult
O primeiro livro escolhido para o mês junho ... foi: 
Já terminei a minha leitura e a opinião já está no blogue, amei este livro e estou desejosa por começar o próximo.

Mas o livro de Julho do projeto #lerjodipicoult já foi escolhido e é ...
435 páginas

Como quero muito ler os livros de Jodi Picoult (mas são todos uns calhamaços) vou ter de fazer alguns ajustes na minha TBR da Maratona Literária de Verão 2020. Entretanto, todos os meses quando as organizadoras do projeto disserem qual será o livro do mês (Agosto e Setembro) eu irei atualizando este poste.
Mas quem sabe e não se dá um milagre e eu consigo ser a super leitora e ler tudo. Vontade não me falta e muito honestamente vou dar o meu melhor e tudo que vier é bom, afinal o que interessa é ler, acima de tudo baixar a pilha dos livros que tenho em casa e não comprar.

Excelentes leituras!