sábado, 29 de agosto de 2015

Balanço das Leituras do Mês de Agosto

No início do mês de Agosto propôs realizar determinadas leituras, que foram sendo actualizadas consoante a minha vontade de leitora.
Este mês terminei o Desafio-Férias, tendo feito algumas alterações no mesmo, participei no Desafio ler Ficção Científica, com a leitura de dois livros, quero ler mais deste género. Participei na Maratona Literária 24 em 7, em que realizei 24 horas de leitura consecutiva, com os intervalos necessários para descanso. Também realizei o Desafio ler Clássicos proposto somente por mim para o meu blog. Participei ainda no Desafio-Ler Fantasia que termina em Setembro, ainda vou ler mais livros dentro deste género e por fim a Maratona ler/Reler Harry Potter e participei na leitura conjunta do Goodreads. Li também vários contos, algo que estou a aprender a desfrutar agora.
Então os livros e contos lidos foram:
«O Verão das nossas Vidas» de Luanne Rice LIDO
«Maximum Ride - O Resgate de Angel» de James Patterson LIDO
«Ao Encontro do Destino» de Amy Hatvany LIDO
«Confissões-Os Crimes dos Colégios Privados» de James Patterson LIDO
«Espero por ti» de Jennifer Armentrout LIDO
«O Devorador» de Lorenza Ghinelli LIDO
«Admirável Mundo Novo» de Aldous Huxley LIDO
Desafio pessoal-Leitura de Clássicos:
«A Pérola» de John Steinbeck LIDO
«O Estrangeiro» de Albert Camus LIDO
Desafio Reler Harry Potter:
 «Harry Potter e a Pedra Filosofal» de J. K. Rowling  LIDO
"Harry Potter e a Câmara dos Segredos" de J. K. Rowling  LIDO
"Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban" de J. K. Rowling  LIDO
Contos que li e não estava programados no início do mês de Agosto:
CONTO«Prisão de Gelo» de Ana Ferreira LIDO
CONTO:«Olhos de Vidro» de Carina Rosa LIDO
CONTO:"Anima lusa" de Pedro G. P. Martins  LIDO
CONTO:"A Terrível Criatura Sanguinária" do escritor Nuno Markl   LIDO
CONTO:"A Herança do Escritor" de Hugo Cântara LIDO
CONTO:"A Leitora" de Renato Carreira LIDO
CONTO:"Quartos de Hotel" de Inês Pedrosa LIDO
CONTO:"A Ceia" de Carlos Silva LIDO
CONTO:"Grotesco" de Talys M Cidreira LIDO
Livro que quero ler que nada tem a ver com desafios:
«O Príncipe» de Sylvain Reynard LIDO
«Caminhos do Coração» de Helena Sacadura Cabral LIDO
«4 Loiras» de Candace Bushnell LIDO

«Queimada Viva» de Souad LIDO
«O Diplomata» de Vasco Ricardo LIDO
«Meu Nome É Alice» de Lisa Genova LIDO
«Cartas da nossa Paixão» de Karen Kingsbury LIDO
"Eu, Malala" de Malala Yousafzai com Christina Lamb LIDO

Total de livros= 21 livros lidos
Total de contos=9 contos

Mais uma vez estou muito feliz comigo, superei-me, e é sempre bom conseguir atingir os nossos objectivos.

Atingi o meu objectivo principal do ano de 2015, já li os 100 livros e lancei-me na meta dos 150, não sei se vou conseguir, mas nada como tentar se não conseguir não morre ninguém;)

O mês de Setembro, como já referi fui colocada a leccionar em Cascais, vai ser um mês atribulado em leituras, mas existem sempre aquelas que eu quero e vou fazer, contudo agora será tudo em menor número.

Antes do dia 31 de Agosto conto em vir aqui ao blog dizer quais as leituras para Setembro.
Boas leituras!

Desafio-Regresso à Escola

Recordam-se de eu ter postado este Desafio-Regresso à Escola? Que foi organizado pelo  Grupo Maratonas, Desafios e Leituras Conjuntas do Goodreads? 
 
O Desafio Regresso à escola tem duas vertentes:
- Escolher um   livro juvenil, que vos faça recordar os vossos tempos de escola.
Eu escolhi o livrinho:
-Primeira leitura conjunta. E melhor ainda, de um livro do Plano Nacional de Leitura (PNL). As votações terminaram e o livro vencedor foi, um que faz muito tempo que o quero ler:
Estes dois livros entram directamente para as minhas leituras do mês de Setembro.
Beijinhos e boas leituras.

Estou muito feliz...

Olá meus queridos amigos, tenho uma boa noticia para vos dar, no meio de todos estes números de professores que não foram colocados, 90% do contratados não conseguiram colocação este ano, eu faço parte dos 10% que consegui.
Mas ainda melhor para além de ter ficado colocada, em Cascais, longe de casa, mas eu gosto de conhecer lugares novos, fiquei com um horário completo para todo o ano.

Achei que devia vir aqui contar o motivo da minha enorme felicidade, dado que no ano lectivo anterior, não fui colocada, estava com muito medo. Mas como alguém me disse:"Deus escreve certo por linhas tortas.".

Aqui vou eu para Cascais, com os meus livros, claro, agora tenho de os escolher, isso é que vai ser pior;) Mas vou feliz, em busca de novas experiências de ensino, novos alunos e colegas de trabalho.

Vou para um lugar bonito e onde todos os meus caminhos estão novamente em aberto, um novo sítio, uma nova escola, uma nova vida. Mas claro, sempre acompanhada pelos meus maravilhosos livros. Pois vou ter muito tempinho para ler e trabalhar.

Gostava de avisar que é normal que agora nesta fase de adaptação vai ser normal que me ausente temporariamente do blog, mas quando voltar colocarei todas as minhas opiniões em dia.

Ano lectivo novo, vida nova!
Beijinhos e boas leituras.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Minha opinião sobre o conto "Grotesco" do escritor Talys M Cidreira

Grotesco
Talys M Cidreira
Português
N.º de Páginas: 30
Preço: Grátis
Lido em 26-08-2015
Sinopse:
«Os gémeos siameses Jacob e Dominic arquitectam uma vingança que traz à tona segredos do passado. O jovem Eddie Perri esconde um segredo sádico da sua namorada Nicole. O misterioso cirurgião Max está à procura de cobaias para as suas experiências. Sangue. Insanidade. Terror. Sexo. Grotesco tem um ritmo lento que se transforma desenfreado à medida que o leitor se envolve na narrativa.»retirado daqui
Quem estiver interessado em ler click aqui.
Minha opinião:
Pelo título, pela capa e depois de ler a sinopse deste curto conto, já contava que fosse algo relacionado com o género de horror ou terror. Não me enganei.
Gostei da ideia do conto, dois irmãos siameses que são a atração de um circo, que têm duas cabeças e logo dois cérebros, o que os torna pessoas diferentes apesar de partilharem o mesmo corpo.
Um cirurgião louco  que vive a fazer experiências de juntar corpos ou de separar siameses.
Um rapaz que esconde da sua namorada um terrível segredo.
Este conto tinha todos os condimentos para ser muito mais do que na realidade o escritor permitiu que fosse. Escrito de uma forma muito apressada, não dando tempo ao leitor se aperceber dos sentimentos das personagens, e muitas vezes fazendo com que me perdesse ao longo da leitura devido à rapidez do enredo.
Este conto tinha uma excelente história de horror que poderia ter sido escrita, a meu ver, de uma maneira mais elaborada. O escritor não conseguiu fazer tal proeza e desta forma não me transportou para dentro da história.
Contudo, devido ao tema,  à sua originalidade e ao facto de me ter causado um certo arrepio na espinha, foi um conto que não me arrependo de ter lido.
Recomendo a sua leitura.
Classificação 3 estrelas no Goodreads.
Boas leituras!

O escritor Talys M Cidreira

Tays M Cidreira
«Escritor maranhense formado em ciências contábeis. Apaixonado por leitura e amante da escrita compôs mais de cinquenta sinopses durante a infância e a juventude. Aventurou-se pelas linhas da poesia, da prosa e do teatro por um longo período, antes de se dedicar a arte dos romances. Seu primeiro livro infanto-juvenil, "A CIDADE DE MARSHMELLOW" mergulha entre o universo da realidade e fantasia. A ideia surgiu após um sonho. E o livro nasceu em poucos dias. Atualmente trabalha em seu primeiro romance "MELANCOLIA".»retirado daqui
Boas leituras!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Minha opinião sobre o livro "Eu, Malala" de Malala Yousafzai e Christina Lamb


Eu, Malala
Christina Lamb, Malala Yousafzai
Edição/reimpressão:2013
Páginas: 352
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722351737
Preço:16.90 euros
A minha luta pela liberdade e pelo direito à educação
A voz de uma adolescente que desafiou os talibãs
Comecei a ler: 19-08-2015
Terminei de ler:25-08-2015
Sinopse:
«No dia 9 de outubro de 2012, Malala Yousafzai, então com 15 anos, regressava a casa vinda da escola quando a carrinha onde viajava foi mandada parar e um homem armado disparou três vezes sobre a jovem. Nos últimos anos Malala - uma voz cada vez mais conhecida em todo o Paquistão por lutar pelo direito à educação de todas as crianças, especialmente das raparigas - tornou-se um alvo para os terroristas islâmicos. Esta é a história, contada na primeira pessoa, da menina que se recusou a baixar os braços e a deixar que os talibãs lhe ditassem a vida. É também a história do pai que nunca desistiu de a encorajar a seguir os seus sonhos numa sociedade que dá primazia aos homens, e de uma região dilacerada por décadas de conflitos políticos, religiosos e tribais. Um livro que nos leva numa viagem extraordinária e que nos inspira a acreditar no poder das palavras para mudar o mundo.»retirado do site wook
Malala Yousafzai, 16, and Her Miraculous Story of Surviving Being Shot by the Taliban:
Discurso de Malala na ONU:

Malala Yousafzai receives Nobel Peace Prize 2014:

Minha opinião:
"Eu, Malala" é um livro forte, poderoso e acima de tudo um ensinamento de vida. Este livro para além de nos fazer o relato da história de vida de Malala Yousafzai, é um livro que me fez pensar, refletir sobre qual o papel de cada um de nós na sociedade actual. Perante os enormes e monstruosos problemas que Malala passou ela nunca desistiu do seu sonho, que era e continua a ser: O direito à educação das crianças em todos os  países nomeadamente no seu, o Paquistão. Ela lutou com todas as suas forças, pela igualdade de géneros. Todas as crianças têm direito a uma educação digna e a escolas para onde possam ir estudar sem serem atacados por talibãs.
Este não é um livro leve, é sim um livro emocionante, que mostra o medo e a aflição que é viver no meio de um regime como é o Talibã.
Malala usou a palavra, e esta foi a sua forma de luta contra o regime que amedrontava o seu povo, através da palavra ela deu a conhecer diante todo o mundo o que era viver sobre a pressão de um regime totalitário, em que, essencialmente as mulheres   não têm qualquer tipo de direitos.
O facto de ela ter sido baleada, pelo simples facto de querer estudar, e ter conseguido sobreviver, veio reforçar em Malala uma maior vontade de luta em procura de maiores igualdades e direitos, para as mulheres, crianças e para todo o ser humano.
Este foi essencialmente um livro de reflexão, um livro para pensar, e motivar por lutar sempre com um sorriso por um mundo melhor.
Adorei este livro, apesar de não ter sido um livro fácil em termos emocionais, pois levou-me à revolta umas quantas vezes, mas é um excelente relato de vida.
Recomendo vivamente esta leitura. Vai ficar com uma nova visão da vida.
Classificação de 5 estrelas porque não existem 6 no Goodreads.
Boas leituras!

Quem é Malala Yousafzai?

Malala Yousafzai
Malala Yousafzai
«PRÉMIO NOBEL DA PAZ 2014
Malala Yousafzai nasceu em Mingora, Paquistão, em 1997. No início de 2009 aceitou escrever um blogue para a BBC Urdu documentando a vida sob o regime talibã e a partir daí nunca mais deixou de se fazer ouvir em público em prol do direito à educação. Em 2011 recebeu o Prémio Nacional da Paz, no Paquistão. Pouco depois, tanto Malala como o seu pai, Ziauddin, ele próprio proprietário de uma escola e activista social, começaram a receber ameaças de morte, que culminaram no atentado contra a jovem em outubro de 2012. Desde a sua recuperação, Malala tornou-se um símbolo da luta pelos direitos das crianças e das mulheres. Em 2013 foi considerada pela revista Time como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Em julho do mesmo ano, discursou perante as Nações Unidas, uma honra habitualmente destinada a altas figuras de Estado.
Entre os diversos prémios com que até agora foi distinguida, destacam-se o International Children's Peace Prize, o Clinton Global Citizen Award e o Prémio Sakharov para a liberdade de pensamento, atribuído pelo Parlamento Europeu, em 2013. Malala tornou-se também a pessoa mais jovem de sempre a ser galardoada com o Prémio Nobel da Paz.»
retirado do site wook
Boas leituras!

A escritora Christina Lamb

Christina Lamb
«Christina Lamb é uma das mais destacadas correspondentes estrangeiras a nível mundial. Estudou em Oxford e Harvard e desde 1987 grande parte do seu trabalho tem-se centrado no Afeganistão e no Paquistão. É autora de cinco livros e recebeu inúmeros prémios, incluindo o Prix Bayeux-Calvados, o prémio europeu mais prestigiado para correspondentes de guerra. Atualmente, Christina trabalha para o Sunday Times e vive em Londres e em Portugal com o marido e o filho.
Auxiliou Malala Yousafzai a escrever o livro "Eu, Malala"» adaptado do site wook
Boas Leituras!

Minha opinião sobre o livro "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban" da escritora J. K. Rowlings

Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban
de J. K. Rowling
Edição/reimpressão:2014
Páginas: 416
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722326018
Coleção: Estrela do Mar
Preço: 11.61 euros
Comecei a ler:22-08-2015
Terminei de ler:25-08-2015
Sinopse:
«Daquela vez Harry Potter não conseguira conter-se. Quebrara uma das regras principais de Hogwarts - não exercer técnicas de feitiçaria fora dos muros da escola. Mas aquela detestável Tia Marge merecia permanecer umas boas horas suspensa no tecto da sala dos Dursleys inchada como um balão. Além disso já faltavam poucos dias para recomeçar as aulas. Mas o seu terceiro ano não irá ser fácil. Da prisão de Azkaban fugira o feroz Sirus Black, um dos mais fieis seguidores do assustador Lord Voldemort para o qual Harry Potter continuava a ser o alvo favorito. O pior é que o herói de J. K. Rowling começa a suspeitar da existência de um traidor entre os seus próprios amigos... O regresso da personagem fantástica que está a conquistar leitores em todo o mundo numa aventura que te enfeitiçará até à última página.»retirado do site wook

Trailler do filme:
Minha opinião:
Não tenho palavras para descrever este livro é o segundo melhor livro de toda a saga para mim, sendo o primeiro «Harry Potter e o Cálice de Fogo». Isto quando li pela primeira vez, pois o tempo também muda as nossas opiniões sobre as mesmas leituras.
Considero que é neste livro que ocorre a grande reviravolta na história deste, já não pequeno mas jovem feiticeiro. Ele vai fazer coisas que não pode fazer fora do mundo dos feiticeiros. Utilizar magia no mundo dos humanos é proibido pelo Ministério da Magia e Feitiçaria, mas Harry perde a paciência com a horrível e detestável Tia Marge, que maltrata os seus falecidos pais durante um jantar na casa dos tios de Potter. Então Harry vai transformá-la num balão e ela começa a inchar, inchar e inchar cada vez mais até levantar voo como um balão. Claro que depois de ter feito isto é expulso de casa dos seus detestáveis tios.
Desta forma começa uma nova aventura para Harry Potter e os seus amigos.
Lembram-se de no primeiro livro todos os feiticeiros tinham de levar uma coruja ou um morcego ou um gato ou até mesmo um rato. Pois é, nem tudo o que parece ser é no mundo dos feiticeiros e por vezes um bruxo do lado negro, que apoia o Lord Voldemort pode estar mesmo ao nosso lado disfarçado de algo.
Harry neste seu terceiro ano, fica a conhecer que afinal não está sozinho no mundo, ele tem um padrinho que se chama Sirus Black, mas este acabou de fugir da prisão de Azkaban. Será ele uma ameaça para Harry?
Pois têm de ler este maravilhoso livro, que nos encanta ao longo das suas páginas e me transporta para o mundo de Hogwarts.
Recomendo vivamente a leitura e releitura desta saga.
Classificação de 5 estrelas no Goodreads.
Boas leituras!

Minha opinião sobre o livro "Harry Potter e a Câmara dos Segredos" da escritora J. K. Rowlings

Harry Potter e a Câmara dos Segredos
de J. K. Rowling
Edição/reimpressão:2014
Páginas: 328
Editor: Editorial Presença
ISBN: 9789722325691
Coleção: Estrela do Mar
Preço: 10.71 euros
Comecei a ler:19-08-2015
Terminei de ler:21-08-2015
Sinopse:
«Os dias de Verão com os Dursleys estavam a tornar-se insuportáveis. Harry Potter já não gostava muito de muggles, mas o pior é que tinha de passar os seus dias de férias em casa dos muggles mais muggles de todo o planeta e arredores. Não havia maneira de voltar para a sua querida escola de feitiçaria...  E ultimamente mesmo esse regresso se encontrava ameaçado, pois duende Dobby não cessava de o avisar de que algo terrível o aguardava em Hogwarts... Nada mais nada menos do que a revelação dos misteriosos e ameaçadores poderes da câmara do segredos! O regresso do herói que está a conquistar jovens e adultos de todo o mundo numa aventura que te enfeitiçará até à última página.»retirado do site wook
Trailler do filme:
Minha opinião:
Este é o segundo volume da saga Harry Potter que estou a reler e estou encantada com esta releitura. Existem tantos pormenores que já não me recordava e que foram ocultados pela adaptação cinematográfica.
Ler novamente este livro faz-me sentir ainda mais o mundo maravilhoso criado por esta excelente escritora que é J.K.Rowling. A imaginação dela é realmente prodigiosa.
Neste segundo volume temos o nosso pequeno feiticeiro a regressar a casa, depois de um ano atribulado na Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts. Conviver novamente com os detestáveis Dursleys é algo que Harry tem que suportar e com um sorriso. Mas algo estranho acontece os amigos dele não respondem às suas cartas, Harry sente-se triste por isso.
Contudo, no meio de uma casa cheia de muggles (gente sem magia) vai aparecer no quarto do pequeno feiticeiro um elfo doméstico, Dobby, que tenta convencer a todo o custo que Harry não pode voltar à Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, pois coisas terríveis vão acontecer.
Claro que apesar de todos os estragos causados pelo elfo doméstico Harry volta à escola e realmente coisas terríveis acontecem.
Este livro é fantástico e a sua releitura foi maravilhosa. Estou a adorar esta Maratona Reler Harry Potter, está a saber tão bem, vocês nem imaginam.

Recomendo vivamente a leitura e releitura desta saga.
Classificação de 5 estrelas no Goodreads.
Boas leituras!