quinta-feira, 27 de abril de 2017

Divulgação Editora Marcador - Maio - "A Terra que pisamos" de Jesús Carrasco

 

Novidade Maio 2017
 
Autor convidado do LeV Matosinhos 2017
Estará presente no dia 14 de maio às 17.00
 
Um homem vale mais do que um império?
 
A Terra que Pisamos fala de um mundo alternativo, mas que podia ser real, e do modo como nos relacionamos com o lugar onde nascemos, mas também com o planeta que nos sustenta – desde o atroz mercantilismo que o poder exerce até à emoção de um homem que faz o seu cultivo à sombra de uma azinheira. Entre esses dois extremos, está a luta de uma mulher para encontrar o verdadeiro sentido da sua vida.
Com a mesma riqueza e precisão com que escreveu o bestseller Intempérie, neste romance, Jesús Carrasco indaga sobre a infinita capacidade de resiliência do ser humano, da empatia quando o outro deixa de ser um estranho aos nossos olhos e de como a natureza é um amor maior do que nós. Uma leitura emocionante; um livro capaz de nos mudar.
 
Mais uma aposta da Editora Marcador e uma aposta nos escritores portugueses...
 
Excelentes leituras!

Divulgação Chiado Editora - Abril - "Metanoia" do escritor Tiago Moita

Metanoia
Tiago Moita
Data de publicação: Março de 2017
Número de páginas: 90
ISBN: 978-989-774-261-3
Colecção: Prazeres Poéticos
Género: Poesia
Idioma: Português
Preço: 10 euros em papel
3,00 euros em ebook




Sinopse:

Esconde-se na candura
do seio secreto das folhas
até que a chama grávida
de um desejo exíguo
exponha a nudez da verdade
que abriga no silêncio
 
Teu símbolo mancha a sede ferida
de uma nódoa do mar
húmida presença do legado azul
de uma memória
 
Espelho de uma obra matiz
impressão digital da chuva
rio vigilante de um lençol de vida
sal de uma lágrima guardiã
das legendas opacas
nas entrelinhas do mundo.
 
O Escritor - Tiago Moita -
Autor Tiago Moita

Tiago de Vasconcelos e Moita nasceu em Lisboa em Abril de 1975. Começou a dar os primeiros passos na poesia a partir dos quinze anos em S. João da Madeira - cidade onde atualmente vive desde os dez anos de idade. Estudou Direito na Universidade Lusíada do Porto, onde publicou um dos muitos poemas e textos em prosa em 1998, no jornal da universidade, do qual foi principal colunista durante três anos, e foi membro do E.L.S.A (European Law Students Association) entre 1998 e 2001.Seu gosto por terapias complementares e alternativas levou-o a especializar-se em Terapias Holísticas desde 2005, acabando por concluir o seu Mestrado em Reiki com êxito em 2010.Desde cedo, revelou uma enorme vontade e paixão por escrever, algo que o levou a participar em Workshops de declamação poética e escrita criativa, bem como a participar em eventos culturais em Portugal e em Espanha. Fez parte de alguns grupos e associações culturais da sua terra entre 2006 e 2010.Publicou alguns dos seus textos em jornais e blogues e em 2006 publicou a sua primeira obra intitulada "Ecos Mudos", pela Papiro Editora. Trabalha atualmente como Terapeuta independente e Mestre de Reiki.
 
Nuno Júdice
"Tiago Moita domina bem a linguagem poética."
Nuno Júdice
 
 
Curiosidade:
 
Qual o significado de metanoia?
Transformação de comportamento ou de carácter, mudança resultante de arrependimento ou conversão espiritual.
 
 
 
Mais uma obra poética de um escritor português, no qual a Chiado Editora tem vindo a apostar. Outras obras de Tiago Moita:
O Evangelho do Alquimista e Último Império, este último já vai na segunda edição.
 
Muito obrigada Chiado Editora pelo envio da obra para eu ler e dar a minha sincera e honesta opinião.

 
Excelentes leituras!


terça-feira, 25 de abril de 2017

Comemoração do 25 de abril


Infelizmente....

Divulgação da Editora Marcador-Abril

LANÇAMENTO ABRIL 2017 - Editora Marcador

 
 

 

NÃO FICÇÃO – SAÚDE E BEM-ESTAR 
PÚBLICO – Público em geral
Nº DE PÁGINAS - 304 pp.
FORMATO – 15,5*23,5cm 
PREÇO (c/IVA) – 17,50€
ISBN – 978-989-754-318-0
DATA DE LANÇAMENTO – 19-04-2017

 O LIVRO

«Adoro este livro!»

Jamie Oliver

 

PERDER PESO COM EQUILIBRIO, SEM DIETAS MALUCAS

As dietas falham porque se apoiam na força de vontade e em restrições para atingir objetivos de saúde e ignoram as razões pelas quais estas táticas não resultam.

Comer Bem, Viver Melhor ajuda-o a desistir de dietas radicais e a entrar no verdadeiro caminho para o controlo de peso saudável e duradouro.

Comer Bem, Viver Melhor é uma abordagem que celebra a comida enquanto lhe explica os fatores nutricionais e psicológicos envolvidos no comer bem, a fim de o ajudar a ultrapassar os objetivos diários e os maus hábitos que mantêm no seu prato produtos insípidos, vazios e insatisfatórios.

Perder peso já não tem de ser uma questão de sacrifício, privação e força de vontade. Pode deixar de lutar contra a comida e voltar a saboreá-la com prazer.

Como escreve Darya: «Você não precisa de uma dieta. Precisa de um upgrade.»

 

A  AUTORA:

Darya Pino Rose tem um doutoramento em Neurociência e uma foodist dedicada, atualmente vive em São Francisco. Passa a maior parte do tempo a pensar e a escrever sobre comida, saúde e ciência. Come coisas fantásticas todos os dias e desde 2007 que não considera «fazer uma dieta».

Em 2010, completou o doutoramento em Neurociência na

Universidade de São Francisco. Cerca de um ano antes de se formar, começou a escrever sobre comida e saúde no seu website Summer Tomato. Na altura de defender a tese, já tinha uma nova carreira.  O Summer Tomato foi eleito um dos 50 Melhores Websites em 2011 pela revista TIME. 

Tem uma licenciatura em Biologia Molecular e Celular da Universidade de Berkeley e foi reconhecida como uma das melhores alunas da turma de graduação de 2003. Também joga Zelda.

 

 

Mais um excelente lançamento no mês de abril  da Editora Marcador.

Livros que valem a pena ser lidos ...são da editora Marcador.
 
 
Excelentes leituras!

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Opinião I "Peripécias do Coração" (Bridgertons #2) da escritora Julia Quinn


                                                
"Peripécias do Coração"
 Série Bridgerton - Volume II
Julia Quinn
N.º de páginas: 384
Sinopse:
"A sensata Kate Sheffield está decidida a encontrar para a sua meia-irmã Edwina um marido de reputação impecável. Mal ela sabe que o visconde Anthony Bridgerton já traçou um plano... que inclui a belíssima jovem! E ele não está habituado a ser contrariado... Embora Anthony seja o solteirão mais cobiçado da temporada, a sua reputação de mulherengo perturba Kate. Ela terá de agir rapidamente, pois Edwina vê com muito bons olhos os avanços do visconde. Mas Edwina fez uma promessa que não está disposta a quebrar: nunca casará sem a bênção de Kate. Cabe, pois, a Anthony convencer aquela que (espera) será a sua futura cunhada. Ele é um homem determinado e seguro de si... e não contava encontrar uma adversária à sua altura. Frente a frente, Kate e Anthony apercebem-se de que têm mais em comum do que imaginaram. Mas o que os une ameaça separá-los para sempre."

Opinião:
Este é o segundo livro da Série Bridgerton, esta série tem 9 volumes e em cada um deles é retratada a época londrina do século XIX em que cada um dos filhos da Mrs.Bridgerton, conhecida por Violet, arranjam um(a) esposo(a) para se casar.
Neste volume é o filho mais velho de Violet, o visconde Anthony que vai procurar a sua esposa, contudo esta tem de responder a três características: ser uma boa mãe, ser uma mulher bonita e não se pode apaixonar por ela.
Na mesma época temos Kate Sheffield que protege a sua irmã Edwina na procura de um futuro esposo. Não gostando nada de Anthony, Kate vê o crescente interesse de Edwina pelo visconde e faz de tudo para impedir este possível casamento.
Este livro, tem muitas reviravoltas, adorei a personalidade de Kate e apesar de não ter achado muita piada a Anthony no primeiro livro, admirei muito a sua posição em relação à sua irmã Daphne, neste livro consegui ver o outro lado desta personagem e os medos que ele carrega desde a morte do seu pai.
Gostei muito do livro, tendo a meu ver subido as expectativas em relação ao primeiro volume.
Classificação de 5***** no Goodreads.

Excelentes leituras!
 


terça-feira, 11 de abril de 2017

Opinião I "Uma Aventura Nas Férias do Natal" das escritoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

Uma Aventura Nas Férias do Natal
Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada
ISBN:972 21 0001 7
Edição ou reimpressão:
Editor: Editorial Caminho
N.º de páginas: 190 páginas
Sinopse:
A quinta onde o grupo passa férias de Natal fica no alto da Serra, num sítio muito isolado mas cheio de encantos e famoso devido às lendas relacionadas com tesouros escondidos.
Logo no primeiro dia, quando saltam animadamente em cima de colchões velhos que alguém guardou no celeiro, encontram um papel com sinais esquisitos. Pensando tratar-se de um mapa de tesouro resolveram seguir as pistas. Isso obriga-os a decifrar outros enigmas, a fazer perigosas escaladas e a vasculhar nas ruínas de uma aldeia abandonada. E a enfrentar chuva, vento, caminhos de lama, trovoadas súbitas, uma misteriosa cobra em pedra. Mas pior que tudo é a quadrilha que os persegue, disposta a cometer qualquer crime para lhes roubar o mapa do tesouro.
Opinião:
Depois de ter lido "Uma Aventura Debaixo da Terra" estava muito honestamente à espera de mais. Foi uma leitura agradável, não vou negar, mas como gostei muito do livro que me estreou nesta série fiquei um bocadinho desiludida.
 
Classificação de 3*** no Goodreads.
 
Excelentes leituras!

Opinião I "Crónicas de Paixões e Caprichos" (Bridgertons #1) da escritora Julia Quinn

 
Crónicas de Paixões e Caprichos
Série Bridgerton - Volume I
Julia Quinn
Editora: Asa
N.º de páginas: 368
Sinopse:
As mães casamenteiras da alta sociedade londrina estão ao rubro: Simon Bassett, o atraente (e solteiro!) duque de Hastings, está de volta a Inglaterra. O jovem aristocrata mal sabe o que o espera pois a perseguição das enérgicas senhoras é implacável. Mas Simon não pretende abdicar da sua liberdade tão cedo…
Igualmente atormentada pela pressão social, a adorável Daphne Bridgerton sonha ainda com um casamento de amor, embora a sua espera por um príncipe encantado comece já a ser alvo de mexericos. Juntos, os jovens decidem fingir um noivado, o que garantirá paz e sossego a Simon e fará de Daphne a mais cobiçada jovem da temporada.
Mas, entre salões de baile e passeios ao luar, a paixão entre ambos rapidamente deixa de ser ficção para se tornar bem real. E embora Daphne comece a pensar em alterar ligeiramente os seus planos iniciais, Simon debate-se com um segredo que pode ser fatal…
 
Opinião:
Finalmente um livro da Julia Quinn lido, já não era sem tempo. Eu sou amante de romances de época, quem segue o blog sabe que até à data a minha escritora favorita dentro deste género é Madeline Hunter, no ano que passou deliciei-me a ler a quadrologia  "As flores mais raras". Agora que conheci a escrita de Julia Quinn confesso que a coloco no mesmo patamar de Madeline Hunter. Logo, a leitura deste livro foi para mim uma agradável surpresa. Fico feliz por o ano passado ter investido na aquisição da Série toda que é constituída por nove livros.
Primeiro gostava de referir que a família Bridgerton que dá nome à série é uma família enorme constituída por rapazes e raparigas e pela super mãe Violet, que tem o importante papel de arranjar um bom partido para os seus filhos e filhas. Logo tenho a certeza que a leitura desta Série vai ser muito boa pois cada volume vai dedicar-se a um elemento da família Bridgerton.
Crónica de Paixões & Caprichos é o primeiro livro da Série Bridgerton, como já referi, e conta a história de Daphne Bridgerton e Simon Bassett.
Daphne uma jovem romântica e quer casar apenas  amor  e não apenas porque a sociedade assim o diz, mas com o passar do tempo é pressionada para decidir, principalmente por parte da mãe. Já Simon Bassett cresceu sendo desprezado pelo próprio pai, mas agora está de volta a Inglaterra após saber que o pai morreu, no entanto, não faz parte dos planos de Simon casar e muito menos construir família, os motivos são o que vão apimentar a leitura do livro. Contudo, quando Simon conhece  Daphne e descobre que ela quer casar por amor, ele decidi elaborar um plano onde fingem estar interessados um no outro, para que ele passe a ficar indisponível para a sociedade feminina londrense e já Daphne ficar mais cobiçada e assim talvez consiga encontrar o seu amor. Mas obviamente que os planos não correm como inicialmente tinha combinado.
Existe algo que gostei bastante neste livro pois a leitura era sempre uma diversão para mim, foi o que no livro eles chamam de jornal, que são as Crónicas Da Sociedade De Lady Whistledown, que aparecem no inicio de cada capítulo, a meu ver retratam muito bem a sociedade da época os mexericos e contos e ditos. Um outro aspecto que me chamou muito a atenção era o modo como a mulher era vista, o seu papel na sociedade era casar para procriar, o papel do homem era o comando da sociedade. Nada que já não tivesse verificado nos livros de Madeline Hunter.
Não quero e não vou avançar na história, mas queria deixar aqui a nota que para quem gosta de romances de época não pode deixar de ler esta série.
Da minha parte ficam a saber que estou desejosa por ler o segundo volume, tenho a certeza que vou gostar muito.
 
Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelentes leituras.  


segunda-feira, 10 de abril de 2017

Opinião I "Uma Aventura Debaixo da Terra" das escritoras Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

Uma Aventura Debaixo Da Terra
de Ana Maria Magalhães 
ISBN: 9789722122597
Edição ou reimpressão:
Editor: Editorial Caminho
N.º de páginas:146 páginas
 
Sinopse:

Por baixo da cidade de Lisboa existe um autêntico labirinto de túneis de vários tamanhos e feitios. Uns são antiquíssimos, outros modernos e outros estão ainda em construção. Quem resolve armar em toupeira e se enfia debaixo de terra arrisca-se a ter surpresas bem desagradáveis. Mas também pode encontrar vestígios de outras civilizações... que certas pessoas pretendem ocultar.

Opinião:
Já conhecia os livros da Coleção Uma Aventura, até porque são dos livros mais requisitados na biblioteca das várias escolas por onde passei. No entanto nunca tinha lido nenhum, até porque não está propriamente dentro do género da minha faixa etária, não que eu não leia livros infantis, leio e adoro ler, pois faz-me regressar à minha infância e adoro essa sensação. Mas como costumo ver na televisão a série Uma Aventura, que gosto bastante, nunca senti o apelo pela leitura dos livros.
Mas como estou a participar num desafio anual que é Baixar a Pilha de Livro, dei comigo surpresa por ter vários livros desta coleção na minha estante, certamente adquiri quando tinha os meus sobrinhos pequenos e comprava para eles alguns livrinhos.
Relativamente ao livro, posso dizer que foi uma excelente surpresa, primeiro porque apesar de ser uma história leve, dado que esta coleção faz parte do Plano Nacional de Leitura do 3.º ano de escolaridade, 1.º ciclo; o conteúdo do livro chamou a minha atenção logo no inicio pois fala do terramoto de 1755 com referências científicas muito bem estruturadas para que um menino de 8 anos possa entender.
Gosto muito das personagens das gémeas do caracol, o seu cão; do João e do Fail o seu cão; acho incrível a personagem do Chico e adoro a astucia do Pedro.
Gostei muito da critica social ao funcionamento do departamento das finanças, uma piada que os mais novitos talvez não entendam.
A estrutura do livro está muito bem feita, dá para perceber que é mesmo uma leitura para crianças mas que eu gostei de realizar.
Tenho mais um livro de uma aventura para ler e estou curiosa para ver como será.
Classificação de 4**** no Goodreads.

Boas leituras.



quarta-feira, 5 de abril de 2017

Maratona de Páscoa-2017

1. Visita à madrinha (um livro “bem vestido”, de capa bonita). Vou fazer uma releitura apetitosa.






2. Folar (um livro que tenhas recebido recentemente).




3. Ovo surpresa (um livro que te tenha sido aconselhado).




Nota: as metas são individuas e poderão ser leituras ou releituras. Os livros escolhidos para as categorias terão de ser lidos por completo (caso contrário, no final, por cada categoria não cumprida, o participante perderá 30 pontos).

Fiquei no grupo Amêndoas de Chocolate ;)

Vou atualizando aqui todos os dias:

6 de abril:70 páginas
7 de abril:222 páginas
8 de abril:23 páginas
9 de abril:65 páginas
10 de abril:134 páginas
11 de abril:190 páginas
12 de abril:47 páginas
13 de abril:81 páginas
14 de abril:30 páginas
15 de abril:84 páginas

Total de páginas lidas foi de 946 páginas
 
Boa Maratona de Páscoa.

Opinião I "Rooftoppers - Os Vagabundos dos Telhados" da escritora Katherine Rundell

 
Rooftoppers - Os Vagabundos dos Telhados
    Katherine Rundell
Editora Lápis Azul
N.º de páginas: 256 páginas
Sinopse:


Sophie é resgatada por Charles Maxim das águas do Canal da Mancha, após o barco em que viajava ter sofrido um naufrágio. Sozinha no mundo, a criança não terá mais de um ano e fica a viver em Londres sob a tutela provisória de Charles, que a ama e educa como uma filha de verdade. Sophie cresce na esperança de vir encontrar a mãe, perdida no naufrágio. Mas cresce também num misto de felicidade e angústia, pelo receio de um dia ser forçada a ir para um orfanato.
E é naquela esperança, que no amor funde a irracionalidade da crença com a audácia e a astúcia da vontade, que chegado esse dia, Charles e Sophie decidem que há só uma saída: fugir de Londres e ir para Paris, à “caça” da mãe.
É aqui que Sophie conhece os vagabundos dos telhados e os torna cúmplices leais da sua aventura. É uma história de amor e de afetos, de laços de amizade e cumplicidade, de medos, angústias, sacrifícios, de hesitações e coragem, de argúcia e destreza. Dá voz aos mais pequenos e aos ignorados e marginalizados da sociedade. Os atos mais simples são os mais generosos, e a bondade é uma virtude relembrada a cada som que a música, sempre a música de um violoncelo, vai ecoando ao longo das páginas, por cima dos telhados.
E é uma história sobre a mãe. E sobre a filha. E sobre um homem que, não sendo pai, foi o melhor pai de sempre.
“Talvez seja, pensou ela, o que amor faz. Não existe para te fazer sentir especial. Mas para te dar coragem. Era como uma ração para o deserto, como uma caixa de fósforos num bosque escuro. (…) Era o que a mãe sempre tinha sido para ela. Um lugar para repousar o coração. Um refúgio para recuperar o fôlego. Um conjunto de estrelas e mapas.” – K. Rundell, Os Vagabundos dos Telhados.
 
Opinião:
Uma história muito bem contada. Que me deixa na mente "Nunca descartar uma possibilidade", temos sempre de ir à luta e em busca de todas as possibilidades para conseguir atingir as nossas metas os nossos objetivos de vida.
Sophie é uma menina encantadora, aprendeu com o seu tutor essa lição de vida e ussa todas as suas possibilidades para encontrar o maior amor da sua vida, a sua mãe.
No meio desta busca incessante pelas várias possibilidades que vão surgindo ela encontra Matteo, um rapaz que faz parte dos vagabundos dos telhados.
Quem são os vagabundos dos telhados? São simplesmente crianças que fugiram das regras atrozes dos orfanatos, onde viam o sol por detrás das grades e a lua também. São meninos que vivem a fugir do mundo diurno para não serem apanhados pelas autoridades...comem, quando têm o que comer, dormem onde podem dormir e assim vão crescendo, num mundo que nada sabe a seu respeito.
Um livro encantadoramente belo, que nos fala de amor, de amizades fortes, de carinho mas acima de tudo nos ensina a Nunca descartar uma Possibilidade.
Adorei a escrita simples e fluida de Rundell, uma leitura que a meu ver pode ser realizada em qualquer idade.
 
Classificação 5 ***** no Goodreads.
Recomendo esta leitura para qualquer altura e idade.
Boas leituras!


Divulgação Bizâncio

 
 


No mercado desde 1997 e contando já com um catálogo considerável, com obras e autores de referência em áreas como a ciência e a história, a Bizâncio abraça agora novos desafios, lançando uma colecção - com uma forte componente didáctica - dedicada às crianças. Assim, é com muito gosto que vos damos a conhecer as nossas apostas editoriais, nesta área, que integrarão a colecção Meio Palmo _ Palmo e Meio.
 
O livro que dorme e O livro zangado com textos de Cédric Ramadier e ilustrações de Vincent Bourgeau serão os primeiros livros desta colecção, a editar já em Abril.
 

Estes livros, para crianças a partir dos 2 anos de idade, podem ser uma preciosa ajuda para pais e educadores, promovendo, ao mesmo tempo, a interacção entre as crianças e os seus livros.
 
Seguir-se-á, com lançamento previsto para Maio, o livro Como desenhar animais uma galinha da autoria de Jean-Vincent Sénac:
 
 
Descubra como, em apenas três ou quatro rabiscos, uma criança consegue desenhar um animal uma galinha e como isso lhe estimula a imaginação, tornando-se no ponto de partida para criar histórias fantásticas.
 
Este delicioso livrinho estimula o gosto de desenhar e mostra-nos como algumas linhas podem dar vida a uma página, a uma galinha e a uma história.
 
Para estimular o gosto dos mais novos pela Arte, ajudando-os a perceberem-na e a interessarem-se por ela, está prevista para Julho a edição do livro Porque tem a Arte tanta gente nua? de Susie Hodge
 
 


PORQUE tem a ARTE tanta
GENTE NUA?
 
Tanta FRUTA para QUÊ?
 
A ARTE é tão CARA PORQUÊ?
 
E porque nos SURPREENDE e PERTURBA a ARTE?
 
Com perguntas e respostas diretas e divertidas sobre as artes visuais, desde a Arte Rupestre ao Cubismo, e do Renascimento à Arte Contemporânea, este livro ajuda os jovens leitores a perceberem melhor a arte e a interessarem-se por ela.

E, com lançamento previsto para Outubro, O grande livro dos insetos de Yuval Zommer
 
O grande livro dos insetos mostra-nos esse mundo e estimula as crianças a explorá-lo.






 
De mariposas a escaravelhos e aranhas, o nosso planeta tem uma variedade impressionante de insectos fascinantes.
Com uma linguagem divertida e ilustrações coloridas de Yuval Zommer O grande livro dos insetos mostra-nos, numa abordagem temática, factos sobre o maravilhoso mundo dos insectos e estimula as crianças a explorá-lo.
Esta é a capa da edição inglesa

Estas são as obras já no prelo. Outras, de que vos daremos conhecimento oportunamente, se seguirão dando continuidade a esta nossa incursão pelo maravilhoso mundo dos livros infantis!
PARABÉNS EDITORA BIZÂNCIO PELA APOSTA NA LITERATURA INFANTIL.
Bizâncio sempre com novidades uma editora sempre inovadora que devemos seguir.
Boas leituras!

 



terça-feira, 4 de abril de 2017

Divulgação da Editora Marcador-Abril

NOVIDADES ABRIL 2017- MARCADOR
 
"É Isto Que Eu Faço - uma vida  de amor e guerra"
Lynsey Addario
NÃO FICÇÃO – AUTOBIOGRAFIA 
PÚBLICO – Público em geral Nº DE PÁGINAS - 384pp.
FORMATO – 15,5*23,5cm  PREÇO (c/IVA) – 24,40€
ISBN – 978-989-754-300-5
DATA DE LANÇAMENTO – 05-04-2017
 
O LIVRO - Sinopse:
Quando, após os ataques terroristas do 11 de Setembro, convidaram Lynsey Addario para fazer reportagens no Afeganistão, ela tomou uma decisão que se repetiria muitas vezes — não ficar em casa, não levar uma vida tranquila e previsível; pelo contrário: arriscar a vida, cobrir guerras e atravessar o mundo para se tornar uma das mais importantes fotojornalistas do nosso tempo.
É Isto que Eu Faço segue o percurso de Lynsey Addario — da sua primeira câmara oferecida pelo pai aos anos de repórter local, das guerras no Médio Oriente aos campos de refugiados sírios, mas sempre com a fotografia como propósito, e uma ambição única que a define e a incentiva.
Enquanto mulher num ofício maioritariamente masculino, estava determinada a ser levada a sério, a enfrentar a dureza da profissão e o convívio com a injustiça e a guerra.
 
«Mulher única e corajosa, Lynsey Addario também tem grandes quantidades de humor e humanidade.
Este livro é um relato emocionante e inesquecível de uma vida extraordinária e no limite.»
Jon Lee Anderson, The New Yorker
AS MEMÓRIAS DE UMA FOTÓGRAFA
BREVEMENTE EM FILME COM REALIZAÇÃO DE  STEVEN SPIELBERG

A AUTORA
LYNSEY ADDARIO É uma fotojornalista norte-americana e colaboradora regular do The New York Times, da National Geographic e da revista Time. Fez a cobertura das guerras no Afeganistão, Iraque, Líbano, Darfur e Congo, e recebeu inúmeros prémios, entre eles o MacArthur Genius Grant e o Pulitzer na categoria de reportagem internacional. Recentemente, fez reportagens para o The New York Times sobre os refugiados sírios, o ISIS no Iraque, a guerra civil no Sudão, e a chegada de imigrantes africanos à costa da Sicília.
"O Ano da Dançarina"
Carla M. Soares
FICÇÃO – ROMANCE HISTÓRICO 
PÚBLICO – Público em geral Nº DE PÁGINAS - 392pp.
FORMATO – 15,5*23,5cm 
PREÇO (c/IVA) – 18,50€
ISBN – 978-989-754-302-9
DATA DE LANÇAMENTO – 05-04-2017
 
O LIVRO - Sinopse:
TODAS AS FAMÍLIAS TÊM UMA GRANDE HISTÓRIA
No ano de 1918, o jovem médico tenente Nicolau Lopes Moreira regressa da Frente francesa, ferido e traumatizado, para o seio de uma família burguesa de posses e para um país marcado pelo esforço de guerra, pela eleição de Sidónio Pais e pela pobreza e agitação social e política. 
No regresso, Nicolau vê-se confrontado com uma antiga relação com Rosalinda, dançarina e amante de senhores endinheirados, e com as peculiaridades de uma família progressista.
Enquanto a Guerra se precipita para o fim e, em Lisboa, se vive a aflição da epidemia e da difícil situação política, a família experimenta o medo e perda, e Nicolau conhece um amor inesperado enquanto trava as suas próprias batalhas contra a doença e os próprios fantasmas.
Este é um romance de grande fôlego, histórico, empolgante e profundo, sobre a superação pessoal e uma saga familiar num tempo de grande mudança e turbulência em Portugal. 
 

A AUTORA
Carla M. Soares é professora, formada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras de Lisboa, tem um Mestrado em Estudos Americanos - Literatura Gótica e Film Studies. A tese de Doutoramento em História da Arte, iniciada na Faculdade onde se formou, aguarda dias mais tranquilos para uma elaboração cuidada.
Autora do romance de época Alma Rebelde, A Chama ao Vento e O Cavalheiro Inglês, da coleção Os Livros RTP, da editora Marcador.
 
Mais uma excelente aposta da Editora: Marcador.
 
 
 

domingo, 2 de abril de 2017

Dia Internacional do Livro Infantil

Dia Internacional do Livro Infantil

 Hoje dia 2 de Abril é o
 
 
 

sábado, 1 de abril de 2017

Opinião I "Um Lobo Culto" da escritora Becky Bloom

Um Lobo Culto
Becky Bloom
Ilustração: Pascal Biet
Editora: Gato na Lua
N.º de páginas:26 páginas
Sinopse:
Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 2º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Contudo, ser aceite num círculo tão exclusivo não é coisa fácil. Os animais da quinta impõem-lhe um desafio atrás de outro e o lobo esquece a fome, enquanto anda da escola para a biblioteca e desta para a livraria. Pascal Biet criou quatro personagens encantadoras e um nostálgico cenário campestre, com muitos pormenores que as crianças e os adultos podem observar enquanto lêem a história.
 
Opinião:
 
Este livro é fabuloso, encantadoramente belo. Uma história que vem tirar a ideia de que o lobo tem de ser mau. Sim inicialmente temos um lobo mau mas com a leitura e o seu prazer em ir a bibliotecas e ler, torna-o um lobo que consegue surpreender os seus amigos da quinta ao contar histórias.
De certa forma, pelo menos a meu ver este livro tenta demonstrar que através da leitura as pessoas podem tornar-se melhores seres humanos.
Fantástico...
Classificação de 5* no Goodreads.
 
Boas leituras.




Opinião I "De Onde vêm as Bruxas?" da escritora Joana Lopes


De onde vêm as Bruxas?
Joana Lopes
Ilustração Luís Belo
N.º de páginas: 44 páginas
Prémio de literatura infantil Pingo Doce
Sinopse:
Esta é uma história infantil que tenta responder à questão «De onde vêm as Bruxas?».

Partindo desta personagem que, muitas vezes, povoa os medos das crianças, é criado um universo mágico e divertido onde se vão encontrando respostas para várias perguntas. É no Bosque do Dragão das Mil Cabeças que se vai desconstruindo o lado mais assustador destas criaturas, abrindo espaço para uma visão cómica sobre as malvadas bruxas. Onde nascem? Onde vivem? Onde aprendem a fazer feitiços e poções?

Neste livro são encontradas todas as respostas para estas e outras perguntas.
 
Opinião:
Este livro infantil conta a história, que tal como o nome indica, de onde vêm as bruxas.
Gostei muito do livro mas o início é realmente fascinante. Pois é um relato da escritora Joana Lopes, quando era criança e tinha medo da música da pantera cor de rosa e achava que Maria Calas era uma bruxa ;)
Depois ao longo da história vamos começando a perceber como nascem as bruxas e que elas também vão à escola de bruxas.
Uma história tão bem escrita e um livro muito bem ilustrado, não poderia deixar de ter ganho um prémio literário, claro.
Classificação de 5* no Goodreads.
 
Boas leituras.

Opinião I "O Dragão" da escritora Luísa Ducla Soares


"O Dragão"
Luísa Ducla Soares
Editor: Porto Editora
Edição: 2016
ISBN:978 972 072 842 5
N.º de páginas:30 páginas
Sinopse:
Plano Nacional de Leitura.
Livro recomendado para o 5º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

"E se um dragão entrasse, de imprevisto, na tua casa, na tua escola, na tua vida? Como lidar com o diferente, com o medo, com o inesperado?
Esta é uma história divertida e comovente que também te fará pensar."
A coleção Educação Literária reúne obras de leitura obrigatória e recomendada no Ensino Básico e Ensino Secundário e referenciadas no Plano Nacional de Leitura. retirado do site wook
Opinião:
Este livro é tão pequenino mas tão lindo.
Transmite muitos valores, para as crianças das sociedades atuais.
Quando o Homem quer controlar os animais esquecem-se que estes também têm sentimentos e desta forma desvalorizam o que de mais belo existe na nossa natureza.
Este livro só veio confirmar como eu sou contra os jardins zoológicos e a importância de os seres vivos viverem no seu habitat natural.
Classificação de 5 estrelas no Goodreads. Boas leituras!