sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

"O Estranho caso de Benjamin Button" de F. Scott Fitzgerald

Título original:"The Curious Case of Benjamin Button"
Título em Portugal:"O Estranho caso de Benjamin Button"
Autor: F. Scott Fitzgerald
Tradução: Fernanda Pinto Rodrigues
2.º Edição:Janeiro de 2009
Páginas: 76
Editor:Editorial Presença
Colecção Grandes Narrativas
ISBN: 9789722340533
Sinopse
Na génese deste conto publicado pela primeira vez em 1922 terá estado, segundo F. Scott Fitzgerald, uma observação de Mark Twain em que o escritor lamentava que a melhor parte da vida fosse ao início e a pior no fim. Assim nasceu Benjamin Button, mas, como o leitor poderá começar a adivinhar, para grande desgosto e estupefacção de todos os envolvidos, o «pequeno» Benjamin vem ao mundo com a aparência, o tamanho e as peculiaridades de um homem de 70 anos… O Estranho Caso de Benjamin Button inspirou uma adaptação ao grande ecrã.
Críticas de imprensa
«[...] há sempre algo de terno que se liberta destas frases de Fitzgerald, como se ele quisesse dizer que comece a vida por onde comece, o final é sempre o mesmo, mas o importante é aquilo que fazemos com os dias do meio.»
José Riço Direitinho, Público
«Um dos prazeres de reler as histórias de Fitzgerald é redescobrir como são de facto boas.» The New York Review of Books 

«Mais do que suficiente para reeleger Fitzgerald como mestre do conto.» The Philadelphia Inquirer 

«Fitzgerald é um escritor [...] e consegue encantar um mundo desencantado.» Die Zeit

Minha Opinião:
Muito honestamente não fazia parte dos meus planos literários a leitura deste livro, até porque ando na onda de escritores portugueses. No entanto, e como eu costumo dizer, não somos nós que escolhemos os livros mas eles que nos escolhem. Tenho este livro na minha estante desde 2009, nunca lhe prestei muita atenção, no meu intimo só queria ler o livro antes de ver o filme, mas quando não sabia.
Chegou a hora de o livro me escolher e certamente não podia ter sido a melhor. Adorei este conto de F.Scott Fitgerald, simplesmente maravilhoso. Uma história simples que teve momentos em que senti compaixão pelo pobre Benjamin e outras em que achei uma enorme piada. Não é um livro que possa desenvolver muito sem ter que tocar na história. Benjamin nasce velho e morre bebé...no mínimo estranho. Mas para além da estranheza imaginemos que isto acontecia mesmo interior da nossa família...Qual seria a nossa reação? A sociedade estaria preparada? Pois para além de um conto belíssimo, faz-nos pensar sobre alguns aspectos da vida humana. Será que a diferença ainda choca e ainda é renegada?  
Uma leitura simples que tem momentos de riso e outros de introspecção, aconselho vivamente. Agora tenho que ver o filme;)

Classificação: 5/7(Muito Bom)
Boas leituras!

4 comentários:

  1. Neste caso, li o livro só depois de ter visto o filme e, como deixa indiciar a duração deste último (2 horas e 46 minutos), a obra original não inclui muito do que é visto no grande ecrã... O filme é, por assim dizer, uma visão mais preenchida da história contada por Fitzgerald...
    No entanto, ambos funcionam muito bem, mesmo separados um do outro.

    ResponderEliminar
  2. Já vi o filme. Gostei muito. Qualquer das formas penso em ler o livro pois além de ser pequeno, dizem que é um pouco diferente do filme.

    beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Pois é tenho mesmo que ver o filme.
    Boas leituras!

    ResponderEliminar
  4. Vi o filme e gostei bastante.
    A história dificilmente se esquece.

    ResponderEliminar