sexta-feira, 3 de abril de 2015

Minha opinião sobre o livro "A Ironia e Sabedoria de Tyrion Lannister" do escritor George R. R. Martin


A Ironia e Sabedoria de Tyrion Lannister
de George R. R. Martin; 
Tradução: Jorge Candeias
Ilustrações de Jonty Clark
Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 160
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896376093
Preço: 12,93

Sinopse:

"Os Sete Reinos podem chamar-lhe depreciativamente de Duende, mas não passaria pela cabeça de ninguém acusar Tyrion Lannister de ser um tolo. A sua língua melíflua já lhe salvou a vida inúmeras vezes e a sua inteligência refinada deu-lhe muitas vitórias e ainda mais dissabores.
Tyrion é odiado e temido pela corte, mas os seus amigos conhecem-no pela lealdade e compaixão que demonstra pelos mais fracos. No palco das intrigas, a sua família é o seu maior inimigo, mas combate-os com uma fina ironia e perspicácia sem rival. A sua irmã que o diga! 
Divertido e irreverente, por vezes profundo e sensato, A Ironia e Sabedoria de Tyrion Lannister pode ser um livrinho pequeno como Tyrion, mas as pérolas que contém mostram a grandeza desta personagem, uma das mais memoráveis da literatura fantástica."retirado da contra capa

Excertos do livro...

"A mente é a minha arma. O meu irmão tem a sua espada, o Rei Robert o seu martelo de guerra, e eu tenho a mente...e uma mente necessita de livros da mesma forma que uma espada necessita de uma pedra de amolar se quisermos que se mantenha afiada" pág.28

"Dormir é bom. E os livros são melhores" pág.31

"Nunca te esqueças de quem és, porque de certeza que o mundo não o fará. Faz disso a tua força. Assim não poderá ser nunca a tua fraqueza. Arma-te com essa lembrança, e nunca poderá ser usada para te magoar." pág. 71

Minha opinião:

Gostei muito desta leitura breve que foi feita em menos de uma hora. Este foi o primeiro contacto que tive com o tão afamado escritor George R. R. Martin e diga-se de passagem que fiquei deveras agradavelmente bem impressionada. Sei que esta personagem Tyrion entra na saga A Guerra dos Tronos e pelo que me fui apercebendo não só pelas suas frases deliciosas como pela pesquisa que fiz na blogosfera é uma personagem muito querida pelos já leitores desta saga.

Talvez devesse ter deixado para ler este livro depois de ler pelo menos o primeiro livro da saga, mas decidi ler agora para retirar um bocado do receio que tenho em ler a saga.Este receio é comum em mim em algumas leituras mas nesta saga de George R. R. Martin e nos livros de Ken Follett é quase que a incapacidade de pegar nos livros, acho que devem ser muito complexos e que posso não conseguir perceber a leitura.
Tenho a saga de George R. R. Martin até ao volume dez com mais alguns livros que foram lançados pelo meio sobre os sete reinos e o facto de ter lido este pequeno e agradável livrinho, com tanta piada e tantas coisas sérias, fez-me ver que serei capaz de iniciar a saga logo que eu queira o medo passou. O receio de ter muitas personagens e de me perder no meio delas passou, se me perder volto a trás e encontro-me de novo. Se tantas pessoas já leram a saga e conseguiram porque não conseguirei eu?
Sou muito insegura em relação à leitura de alguns livros ou sagas, mas isto vai passando com o tempo.

Adorei este livrinho e as ilustrações estão muito bem enquadradas.
Boas leituras.

2 comentários:

  1. Olá,
    Ainda bem que foi uma boa leitura.
    Nunca li nada deste autor mas tenho bastante curiosidade porque só vejo opiniões positivas. É claro que também tenho algum receio porque os livros dele são muito grandes e a maior opinião negativa que vi foi que é difícil acompanhar todos os acontecimentos e mortes que acontecem.
    Quanto à série de tv a guerra dos tronos vi os primeiros episódios (porque um amigo disse que eu ia gostar). A verdade é que não gostei e não continuei a ver.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tânia,
      Ainda bem que encontro alguém que partilha dos meus receios.
      Beijocas e boas leituras;)

      Eliminar