quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Minha opinião sobre o livro "A Pérola" do escritor John Steinbeck

A Pérola
de John Steinbeck
Edição/reimpressão:2015
Páginas: 109
Editor: Livros do Brasil
ISBN: 978-989-711-002-3
Idioma: Português
Preço:9.90 euros
Comecei a ler:18-08-2015
Terminei de ler:19-08-2015
Sinopse:
«História comovente de uma pérola enorme, de como foi descoberta e de como se perdeu, levando com ela os sonhos bons e maus que representava. História também de uma família e da solidariedade especial entre uma mulher, um pobre pescador índio e o filho de ambos. Baseada num conto popular mexicano, A Pérola constitui uma inesquecível parábola poética sobre as grandezas e as misérias do mundo em que vivemos.»retirado do site wook

The Pearl by John Steinbeck Movie Trailer

Minha opinião:
Nunca tinha lido nada deste escritor e acho que comecei lindamente com uma obra linda e apaixonante, mesmo como eu gosto.
John Steinbeck conseguiu levar-me às lágrimas pela maravilha desta história, é tão linda quanto triste. Ele escreve e retrata os acontecimentos de uma forma tão bela tão única que fiquei mesmo apaixonada por este escritor, quero ler mais dele, vou começar a fazer uma caixinha e colocar lá moedinhas para comprar as suas obras. John Steinbeck é para mim neste momento o retrato do que realmente é um Prémio Nobel da literatura, ele escreve de uma forma sublime que chega ao coração, que nos faz sentir que somos as personagens. 
A história baseia-se num conto popular mexicano, que relata as grandezas e as misérias do mundo em que todos nós vivemos.
CONTÉM SPOILERS 
O livro fala sobre uma família de raça negra, Kino que era pescador, a sua mulher Juana e do filho de ambos, Coyotito, que viviam numa cabana perto da praia. Num dia de manhã Coyotito foi picado no ombro por um escorpião e Juana decidiu levá-lo ao médico, mas este não os atendeu, pois não tinham dinheiro para pagar a consulta. Começa logo aqui a descriminação social.
Vai ser aqui que o pai de Coyotito, o Kino, decide ir à procura de pérolas, até que encontrou a maior pérola do mundo, e pensou que com ela podia finalmente realizar todos os seus sonhos.
O médico ao saber da notícia visitou a casa de Kino para dar o medicamento ao Coyotito. Nesse mesmo dia à noite a casa de Kino foi assaltado, e Juana propôs a destruição da pérola, mas Kino sugeriu vende-la. Na manhã seguinte foram à cidade para vender a pérola, mas como os compradores não ofereciam o que Kino achava justo e sendo assim ele não aceitou.
Voltaram para casa e Kino voltou novamente a ser atacado e decidiram fugir para as montanhas, mas foram seguidos por dois batedores e um homem a cavalo. Ao anoitecer Kino mata-os, mas antes um deles ao mandar um tiro para as cavernas nas montanhas, que era onde Juana e Coyotito estavam escondidos, atinge Coyotito matando-o.
Juana e Kino voltaram para a sua Terra e decidem atirar a pérola ao mar por causa do azar que lhes deu.
A ideia principal que o livro quer transmitir, é sobretudo a ganância humana , se Kino tivesse contentado com o valor oferecido pela pérola o seu filho não teria morrido.
Leiam este livro ele é lindo e acima de tudo quando nos colocamos no lugar da personagem Kino, pensamos até que ponto também não teríamos agido como ele, não sei se o ache ganancioso,  apenas queria o preço justo pela pérola. Queria poder dar à sua família aquilo que nunca conseguiu dar, mas com algo que foi fruto do seu trabalho. Talvez se devesse ter contentado com um valor inferior ao que a pérola valia, eu preferi pensar que esta pérola estava amaldiçoada e por algum motivo surgiu na vida de Kino, por um lado salvou 
Coyotito da picada de Escorpião, mas acabou por o levar à morte pela ganancia daqueles que nada têm e roubam aos que têm não olhando a meios.
Adorei, mesmo uma história deliciosamente emotiva e linda.
Recomendo vivamente a sua leitura.
Classificação de 5 estrelas no Goodreads.
Boas leituras!

10 comentários:

  1. Olá Carla
    Quero tanto ler algo deste autor, principalmente este e Vinhas da Ira.
    Ainda bem que gostaste tanto.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Eu adorei este escritor a sério tens de ler. Agora vou ler a sinopse desse Vinhas da Ira, tem outro Homens e ratos, O Inverno do Nosso Descontentamento,A Um Deus Desconhecido, A Leste do Paraíso. Homens e Ratos o meu sobrinho leu e gostou muito.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  2. Olá Carla!

    Estás imparável. Um ritmo alucinante de leituras ;)
    John Steinbeck é um dos meus escritores de eleição. Excelente livro, como todos os outros do autor. Espero que continues a desbravar a sua obra.

    Beijinhos e boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Denise,
      A Maratona 24 horas ajudou muito a ler tantos livros, e o meu desafio é grande por isso tenho lido bastante, com prazer claro.
      Adorei este escritor, que bom que já o conhecias eu fiquei agora sua fã.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  3. Ois miga,

    Sem duvida que é um livro bonito e comovente e que tem uma grande mensagem :)

    Acho que devias ter mais atenção nos comentários pois contas tudo o que o livro tem para oferecer, mas pronto há quem não se importe :D..se fosse da Guerra dos Tronos era pior :D

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Fiacha,
      Tens toda a razão vou colocar que contém spoilers foi distração mas de qualquer das formas eu tenho um aviso na barra lateral. Desta forma só lê quem quer;)
      Beijos e boas leituras.

      Eliminar
  4. Olá Carla
    Este livro foi o meu contacto com a escrita de Steinbeck e gostei muito. Mas fiquei completamente rendida com As Vinhas da Ira.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Tenho que ler.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  5. Olá,
    Este autor deve ser realmente bom, normalmente só tem críticas muito positivas!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Eu apaixonei-me por ele MESMO.
      Beijinhos.

      Eliminar