sábado, 13 de fevereiro de 2016

Minha opinião sobre o livro "O Senhor Valéry" do escritor Gonçalo M. Tavares

O Senhor Valéry
Gonçalo M. Tavares
Ilustração: Rachel Caiano
Edição/reimpressão:2007
Páginas: 82
Editor: Editorial Caminho
ISBN: 9789722114707
Idioma: Português
Preço:11,61 euros
Livro lido através da biblioteca da escola onde lecciono.
Este livro faz parte do PNL do 6.º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada.
Sinopse:
«Gonçalo M. Tavares (n. 1970) é um novo escritor que em pouco tempo se estreou com quatro livros (poesia, literatura infanto-juvenil e teatro) de grande qualidade e que já lhe valeram dois prémios. Um desses prémios (Branquinho da Fonseca "Expresso/Gulbenkian, na modalidade de Literatura para a Infância) foi, precisamente, atribuído a este " O Senhor Valery". Que não é, diga-se, propriamente um livro infantil, mas um livro de que os adultos gostarão certamente (e as crianças também e até por isso mesmo. Conta-se que Oscar Wilde, um dia em passeio por uma Feira de Livro com um sobrinho, lhe quis comprar um livro para lhe oferecer. A criança retorquiu dizendo que estava bem, desde que não fosse um livro infantil). E quem é este senhor Valery ? Um homem de estatura baixa (por isso dava muitos saltos, para, por vezes, "ser igual às pessoas altas"), solitário, com um humor fino, que adora pensar de uma forma lógica, tão lógica, que por vezes roça a estupidez. O livro tem desenhos de Rachel Caiano. 

"Lemos o livro com o prazer de estarmos a acompanhar um discurso extremamente inteligente sobre uma criatura cujo universo mental assenta na mais acabada tolice. Lemo-lo com um sorriso nos lábios que, por vezes, se abre numa gargalhada.
" (...) o texto é um estimulante exercício de inteligência. Os adultos não desdenharão lê-lo e as nossas crianças poderão aceder a alguns dos seus sentidos profundos, aqui e ali com a ajuda de um pai ou um professor. Retirarão assim o devido prazer das pequenas desventuras e raciocínios deste impagável Senhor Valéry."
José António Gomes, Expresso, Cartaz 


" Uma pequena pérola. O Senhor Valéry é um descendente do "Monsieur Teste", de Paul Valéry, de "Un Certain Plume", de Henri Michaux, e do senhor Këuner, de Brecht. Trata-se de um homenzinho curioso e distraído, irónico e tímido, desajeitado e brilhante, patético e profundo, um homem pequeno que deambula, solitário, pela cidade, com passo curto, de chapéu de coco na cabeça. É uma criatura que problematiza tudo, que de tudo faz silogismos, enigmas, paradoxos."
Pedro Mexia, DNA»
retirado do site wook

O escritor Gonçalo M. Tavares:
"Gonçalo M. Tavares nasceu em 1970. Desde 2001 publicou livros em diferentes géneros literários. Os seus livros receberam vários prémios em Portugal e no estrangeiro e deram origem, em diferentes países, a diversos trabalhos artísticos e académicos. Em 2010, o seu livro Aprender a Rezar na Era da Técnica recebeu o Prémio do Melhor Livro Estrangeiro em França. É um dos dez escritores que fazem parte do Comité do Finnegan’s List 2014, European Society of Authors. Está a ser traduzido para cerca de trinta línguas. Foi finalista do Prémio Portugal Telecom 2014, no Brasil, com Matteo Perdeu o Emprego, publicado pela Porto Editora."retirado do site wook

Minha opinião:
Quando levantei este livro na biblioteca da escola onde estou a leccionar este ano, que devo referir está muito bem apetrechada, não sabia que este livro fazia parte do PLN do 6.º ano de escolaridade. Peguei no livro e o que me chamou a atenção foi o escritor, nunca tinha lido nada de Gonçalo M. Tavares, depois desfolhei o livro e deparei-me com ilustrações bizarras, que certamente teriam um contexto, verifiquei também que era um livro de contos. Tudo isto fez com que o trouxesse para casa, em boa hora o fiz.
Este livrinho fala-nos das histórias realmente bizarras, tal como os desenhos, de  um homem que se chama Valéry. Este personagem é muito caricata e vê o mundo numa perspectiva muito própria. O Senhor Valéry explica os fenómenos que o preocupam segundo uma filosofia de vida muito própria. É uma personagem peculiar e bem estranha. Para ele tudo tem duas formas de ser visto mas que, devido à sua insegurança, se resumem sempre a uma, que é aquela que ele quer. O mundo no seu ponto de vista está todo ao contrário, só a forma de ele ver o mundo é que é correcta. 
Um livro que adorei, desde o primeiro conto até ao último, fiquei como já estava a contar, apaixonada pela escrita de Gonçalo M. Tavares e adorei as ilustrações de Rachel Caiano. Agora queria ler algo deste escritor mas mais adequado para a minha faixa etária;). Mas refiro novamente que adorei este senhor complicado e distraído que tem por nome Valéry.
Excerto:
"O Senhor Valéry era pequenino, mas dava muitos saltos.
Ele explicava:
Sou igual às pessoas altas só que por menos tempo."
O Senhor Valéry de Gonçalo M. Tavares
Recomendo vivamente a leitura deste livro.
Classificação de 4**** no Goodreads.
Excelentes leituras!

4 comentários:

  1. Olá Carla
    Ainda não li nada do autor mas estou a ver que tenho que lhe dar uma oportunidade.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tita,
      Acho que deves tentar.
      Beijinhos.

      Eliminar
  2. Olá Carla
    Não conhecia nem o livro no autor.
    Ainda bem que gostaste :)
    De vez em quando é bom surpreendermo-nos assim com um livro desconhecido.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Este é um autor que quero conhecer ainda mais.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar