terça-feira, 7 de junho de 2016

Opinião l "Milagre" da escritora R. J. Palacio

Milagre
R. J. Palacio

Tradução:Leonor Bizarro Marques

N.º página: 364

ISBN: 978 989 557 965 5 

Preço:15,90 euros

Sinopse:

"Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.


August nasceu com uma deficiência genética que faz com que o seu rosto seja completamente deformado. Quando nasceu os médicos não tinham esperança de que sobrevivesse, mas sobreviveu. Vários anos e muitas cirurgias depois, August vai, aos 10 anos, enfrentar o maior desfio da sua vida. A escola. 
Contado a várias vozes, é uma história emotiva das dificuldades que tem de superar uma criança com uma terrível deformação e um relato do milagre que é a vida."retirado do site wook

A escritora R. J. Palacio:

"Autora estreante, durante anos foi designer de capas e directora de arte em editoras. Vive em Nova Iorque com o marido, dois filhos e dois cães. O livro Milagre está a causar grande sensação entre os média e as edições internacionais sucedem-se."retirado do site wook

Minha opinião:

Este era daqueles livros que queria ler já fazia muito tempo, mas não fazia a mínima ideia do que tratava, simplesmente me chamava atenção pela capa e pelo título. O que é de estranhar em mim pois só me interesso por um livro após a leitura da sua sinopse.
Este mês e no contexto de ter de ler um livro cuja escritor/a usasse um pseudónimo lembrei-me de ler este livro pois esta escritora usa um pseudónimo.

Quando li a sinopse algo despertou logo em mim um interesse ainda maior, comecei a ler e fiquei fascinada, a história é simplesmente fantástica e foca um tema muito interessante que é o da diferença. Até que ponto nós, ditos normais, conseguimos encarar e conviver com uma pessoa com uma diferença, neste caso é um menino com uma aparência assustadora, o seu rosto é deformado. Será que nós adultos, será que os nossos adolescentes, as nossas crianças estão preparadas para lidar com uma pessoa fisicamente ou intelectualmente diferente?
Foi esta a questão que literalmente me assombrou durante a leitura do livro. 
Um outro facto que me fez agarrar mais ainda à leitura, foi que nesta fase da vida de August ele vai pela primeira vez para uma escola. Ora, aqui está, tocou no meu calcanhar de Aquiles, pois sendo eu professora, consegui visualizar tudo o que o menino dizia que lhe faziam na escola por ele ser diferente. Mas pior ainda, é que senti que, caso isto ocorresse mesmo, seria exatamente assim que os outros colegas e pais iriam reagir. A forma como o livro retrata as situações vividas por este menino de 10 anos que tem uma má formação congénita, associada a outras mutações genéticas, é tão real, tão cruelmente real que me fez refletir até que ponto estamos todos nós preparados verdadeiramente para o que está fora dos padrões que a sociedade considera normais.
Adorei a escrita, o modo como o relato é realizado, em várias perspectivas,  a de August, a da Via sua irmã, do seu melhor amigo, o namorado da sua irmã e a melhor amiga de Via.
Todos eles retratam a diferença de August de uma forma diferente mas que ao mesmo tempo assenta no amor, na partilha e no carinho pelo próximo.
E sim é verdade existem pessoas más, cruéis, que são fruto da educação e do mundo em que vivem. Mas eu acredito que essas pessoas podem mudar e que são meninos como o August, meninos e pessoas diferentes que podem levar a que as mentalidades de pessoas menos informadas, mais cruéis, pessoas a quem a vida sempre sorriu, mude.

Felizes dos August's que existem na nossa sociedade que têm o dom de fazer mudar a crueldade dos menos sensíveis.

Recomendo vivamente a leitura deste livro, é uma lição de vida que vai ficar para a vida.

Classificação de 5***** no Goodreads.
Excelente leitura;)

4 comentários:

  1. Olá Carla
    Há anos que também quero ler este livro! Todas as opiniões que vejo são super positivas.
    Acho que agora estou mais perto de o ler:)
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sara,
      Conselho que te posso dar é unicamente este LÊ. Tenho a certeza que vais adorar.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar
  2. Olá Carla! Mal entrei no teu blog, alguma coisa me fez ter que ler este poste. Já li o livro, e acho que é um daqueles que todos deviam ler independente das idades. Continua assim e obrigada por tudo! És uma ótima moderadora.
    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Olá Carla,
    Já li o livro há uns 2 anos e também adorei! É uma história que nos toca e nos emociona.
    Mas, realmente, bastante real e credível. Faz-nos pensar como é que olhamos para os outros.
    Beijinhos

    ResponderEliminar