domingo, 27 de novembro de 2016

Opinião l "Vanessa vai à Luta" da escritora Luísa Costa Gomes

Vanessa vai à Luta
Luísa Costa Gomes
Ilustração: André Caetano
ISBN: 978 972 072 710 7
Editora: Porto Editora
Edição: junho de 2014
N.º de páginas:124 páginas
Sinopse:
«A Mãe diz que eu devia querer uma coisa de menina. Diz que sou uma menina e que tenho de querer coisas de menina, senão os rapazes não gostam de mim. Já reparaste como são estúpidos os brinquedos das raparigas?
Descobre a luta da pequena Vanessa contra os estereótipos da sociedade nesta divertida peça de teatro escrita numa linguagem jovem e atual.»
  retirado do Goodreads 

A Escritora:
"Luísa Costa Gomes nasceu em 16 de Junho de 1954. É licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Foi por vários anos professora do Ensino Secundário e trabalhou ainda no programa Escritores nas Escolas. Traduziu livros, traduziu e legendou filmes. Tem colaborado em vários jornais e revistas, programas de rádio e televisão.
A sua obra literária começou com a publicação, em 1981, do livro "Treze Contos de Sobressalto". Desde aí já lá vai dezena e meia de títulos, entre o conto, o romance, o teatro e a crónica, com variados prémios, e traduções no estrangeiro. Várias das suas peças subiram ao palco. Escreveu o libretto de algumas óperas, entre elas o célebre "Corvo Branco", de Philip Glass, com encenação de Robert Wilson, apresentado por ocasião da Expo' 98 (e também em Madrid e em Nova Iorque). Criou a revista de contos FICÇÕES, que dirige e coordena." retirado do Goodreads 

Opinião:
Este livro faz parte do Plano Nacional de Leitura para o 8.º ano de escolaridade. Assim sendo, tem uma componente muito importante que está intimamente relacionada com a transmissão de valores.
Todos os dias somos bombardeados por anúncios nos meios de comunicação, a importância de sabermos afastarmos-nos destas tentações está muito bem representado neste livro. Um outro aspeto abordado é a diferença de géneros, tipicamente as meninas têm de brincar com bonecas e os rapazes com carros e metralhadoras, mas porque não pode ser ao contrário?
Mais um ponto importante, pelo menos no meu ponto de vista são os pais que adquirem tudo o que os filhos pedem, o que faz com que estes não deem o devido valor às prendinhas mais pequenas, acho que me faço entender. A dificuldade na explicação da gravidez da mãe  de Vanessa não foi focado, mas a dificuldade em explicar se seria menino ou menina está bem patente nesta pequena história, algo que foi bem abordado.
Gostei muito desta leitura.
Classificação de 4**** no Goodreads.

Boas leituras!

1 comentário:

  1. Creo que este non o atoparei en España. Pero ten boa pinta.

    Grazas por compartir a túa opinión.

    Beijos.

    ResponderEliminar