terça-feira, 23 de agosto de 2011

"Sangue Fresco" de Charlaine Harris

Título Original:"Dead Until Dark"
Título em Portugal:"Sangue Fresco"
A Saga do Sangue Fresco - Volume I
Autora: Charlaine Harris
1.º Edição: Abril de 2009
Páginas: 272
Editor: Saída de Emergência
ISBN: 9789896371180
Tradução: Renato Carreira
O livro que inspirou o novo mega sucesso televisivo da HBO, "True Blood"
Sinopse
"Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças…
Sookie Stackhouse é uma empregada de mesa numa pequena vila de Louisiana. É tímida, e não sai muito. Não porque não seja bonita - porque é - mas acontece que Sookie tem um certo "problema": consegue ler os pensamentos dos outros. Isso não a torna uma pessoa muito sociável. Então surge Bill: alto, moreno, bonito, a quem Sookie não consegue ouvir os pensamentos. Com bons ou maus pensamentos ele é exactamente o tipo de homem com quem ela sonha. Mas Bill tem o seu próprio problema: é um vampiro. Para além da má reputação, ele relaciona-se com os mais temidos e difamados vampiros e, tal como eles, é suspeito de todos os males que acontecem nas redondezas. Quando a sua colega é morta, Sookie percebe que a maldade veio para ficar nesta pequena terra de Louisiana.
Aos poucos, uma nova subcultura dispersa-se um pouco por todos os lados e descobre-se que o próprio sangue dos vampiros funciona nos humanos como uma das drogas mais poderosas e desejadas. Será que ao aceitar os vampiros a humanidade acabou de aceitar a sua própria extinção?"

Charlaine Harris

A escritora, Charlaine Harris:

"Charlaine Harris escreve romances de mistério além dos livros de Sookie Stackhouse. Vive no Sul do Arkansas com o marido, três filhos, dois cães, dois furões e um pato. Leitora ávida, cinéfila moderada e halterofilista ocasional, o seu passatempo preferido é incentivar os filhos em desportos variados, instalada em bancadas desconfortáveis." (retirado da contracapa)
Nota: Para mais informações visite:
 
Críticas de imprensa
«Harris escreve com competência e segurança.»
The New York Times Book Review

«Uma autora de raro talento.»
Publishers Weekly

"Hilariante e profundo... Com o toque seguro de um mestre, Harris consegue manipular o quotidiano para tornar as suas criaturas sobrenaturais muito mais perturbadoras."
Crescent Blues

"Este livro é uma mistura inteligente de momentos dolorosos, agradáveis, sérios, cépticos e inesperados... Um dos melhores romances sobre vampiros que li nos últimos tempos."
Locus

"O charme irreverente do mundo de Harris, com o seu humor e horror ocasionais, é o elemento que torna Sangue Fresco tão fascinante."
The Denver Post
"Uma mistura divertida, frenética, cómica e maravilhosamente intrigante de vampiros e mistério que é difícil de largar e não deverá ser perdida."
Susan Sizemore


Minha opinião:
Gostei muito talvez até possa escrever que adorei.
Estava muito reticente em relação a começar a ler esta saga, porquê? Resposta muito simples, pela constante comparação com a saga do Twilight.
A verdade é que eu li esta última todinha e adorei achei simplesmente maravilhosa, quanto aos filmes gostei mas tiraram um pouco o encanto aos livros, isto no meu ponto de vista claro. Pois bem, quando comecei a ler este livro, estava muito reticente devido a essa constante comparação entre as duas sagas (qual emita qual e essas coisas que quem tem um blogue sobre opiniões acaba por ir lendo em outros blogues). Claro está que fui enchendo a minha cabecinha sobre esta saga e achando eu que a saga do crepúsculo (como eu gosto de chamar) era incomparável acabei por durante muito tempo colocar de parte o início da leitura da saga sangue fresco. 
Pois bem, a conclusão que eu tirei da leitura deste primeiro volume desta saga é que o que tem de comum com a do crepúsculo é somente o facto de terem vampiros, de resto toda a abordagem é completamente diferente. Não vou referir qual é melhor que qual, até porque só li o primeiro volume desta, somente digo que são muito diferentes. 
Este primeiro volume da saga Sangue Fresco demonstra desde cedo que estamos a entrar numa história de vampiros a sério, se é que me faço entender. Esta saga é mais erótica tendo parte de carís sexual explicito as descrições estão extraordinariamente bem elaboradas, tanto as descrições relativas ao sexo como as descrições das atividades vampíricas e das atividades humanas. 
Sookie Stackhouse é empregada num bar e tem uma característica muito peculiar consegue ler os pensamentos de todas as pessoas. Sookie vive com a sua avó, pois ficou órfã de pais ainda era muito novinha tinha somente sete anos. Jason é, para além da sua avó, o único familiar de Sookie é o seu irmão, e apesar de todas as desavenças que possam existir entre eles, acabam por estar sempre unidos para o bem e para o mal, apesar de eu achar que Sookie se preocupa mais com o irmão do que o contrário. Tal como refere a sinopse o mundo está em mudança e os vampiros são socialmente aceites e estão quase que legalizados. Existe um sangue sintético que está a ser comercializado e que acaba por tornar os vampiros mais sociais, apesar deles continuarem a preferirem a socialização com os da mesma "espécie" e os humanos agradecem. Sookie anda desejosa por conhecer um vampiro e conhece Bill um dia quando este surge no bar onde ela trabalha. Claro está que eles se apaixonam e esse amor não é encarado da melhor forma pelas pessoas que a conhecem, principalmente pelo seu chefe Sam que tem um carinho especial por Sookie. Ainda para mais quando começam a surgir demasiadas pessoas mortas, e segundo um determinado ritual:mulheres, estranguladas com um fio e violadas de seguida, todas elas excepto uma apresentam marcas vampíricas nas virilhas. Quem será o assassino? Terá o Vampiro Bill algo a ver com as mortes que começam a surgir naquela pacata cidade?  

Ao ler este primeiro volume da saga sangue fresco deu para notar que estamos perante uma leitura policial e bem mais adulta do que os livros de fantasia que tenho vindo a ler. Aconselho vivamente a sua leitura, contudo façam de mente aberta e acima de tudo não estabeleçam comparações com qualquer outro tipo de livro vampírico. 
Esta vai ser uma saga que vou seguir, aliás já tenho aqui em casa os volumes quase todos faz algum tempo, só não tinha começado pelos motivos referidos anteriormente. (Julgo que só não tenho os dois últimos mas acho que são dez por isso ainda tenho muito para ler)


Gostei muito e aconselho.;)
Boa leitura!

10 comentários:

  1. Ainda bem que gostas-te, é uma saga óptima.
    Até agora já li todos os que saíram em português.
    O 10º sai dia 9 de Setembro.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito desta saga. Comecei por ver a 1a temporada na TV e só depois li o primeiro livro. No entanto, os enredos são muito diferentes (á excepção da primeira temporada que é bastante fiel ao livro). É muito mais adulto que a saga do Crepúsculo, mas nota-se que a Meyer foi buscar bastantes coisas a estas histórias. Não acha estranho o facto de Edward, à semelhança de Sookie, se sentir atraído por Bela porque não consegue ouvir os seus pensamentos?

    Cumps!
    Alu

    P.S - não querendo parecer snob...no seu texto repete demasiadas vezes a palavra "Saga". Peço desculpa por dizer, mas se reler o texto verá que não estou a tentar ser picuinhas.

    ResponderEliminar
  3. Olá Ruteee
    Obrigada por referires que o 10.º sai em Setembro assim já posso saber mais ou menos a quantas ando. Acredita que adorei mesmo o primeiro livro da saga sangue fresco.
    Beijinhos e Boa leitura;)

    Olá Ana Luísa Alves

    Eu vi um pouquinho do youtube da 1ª temporada e não gostei nem um pouco das personagens, sabe aquela sensação que as descrições físicas das mesmas não têm nada a ver com os actores escolhidos, pelo menos nada têm a ver com aquilo que eu idealizei enquanto lia o livro. Daqui que a visualização desta saga vai ficar certamente para o final da leitura dos livros.
    Concordo que existem algumas semelhanças entre este 1.º livro da saga com algumas ideias que Meyer coloca nos seus livros, no entanto, quando leio algumas críticas muito negativas sobre o Crepúsculo de modo a menosprezar por completo a escritora, acho que é um exagero. Mas esta é tão somente a minha singela opinião.
    Beijinhos;)
    Boa Leitura!

    ResponderEliminar
  4. Olá Leitora!

    Também gosto bastante desta saga, tendo lido por diversas vezes este primeiro volume... Confesso também que não gostei muito do livro que li recentemente, "Sangue Felino", mas já me disseram que os seguintes são bem melhores, sendo o que li agora um dos menos conseguidos, portanto tenho esperança que as coisas melhorem... Da saga o meu preferido é o quarto e acredito que te surpreenderá pela positiva. :)

    Em relação à série é muito diferente dos livros e também não idealizava a maioria das personagens, como são na mesma.

    Beijinhos e boas leituras. Espero que continues a gostar da saga. :)

    ResponderEliminar
  5. Olá Rita
    Até agora apesar de ser só um volume da saga estou a gostar, de tal forma que queria intercalar um livrinho pelo meio, antes de ler o segundo volume mas não consigo...Leitura viciante;)
    Beijinhos e boas leituras;)

    ResponderEliminar
  6. Olá Leitora! Agora fiquei com vontade de acompanhar esta saga...obrigada pela sugestão! Parece-me que até eu vou gostar de vampiros :D

    Beijinho, boas leituras!

    ResponderEliminar
  7. Olá Leitora!
    Em resposta à tua pergunta, podes seguir o meu blog adicionando-o à lista de leitura que se segue ao menu do painel quando inicias a tua conta blogger.
    *Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Olá Leitora!
    Em resposta a tua pergunta,para seguires o meu blog podes adicioná-lo à tua lista de leitura no blog que aparece a seguir ao painel quando inicias a tua conta blogger
    (espero ter-me conseguido explicar xD)
    *beijinho*

    ResponderEliminar
  9. Eu tb gosto desta saga, seja a série ou os livros. A serie televisiva é um pouco diferente do livro, apenas inspirada nos personagens mas eu gosto de ver. Os livros s mt giros, já li os 4 1ºs e tenho os outros mas confesso que 10 livros já me parece fazer render muito o peixe

    Bjs e boas leituras

    ResponderEliminar
  10. Olá Maria Pereira
    Realmente és de capaz de ter toda a razão dez livros parece ser um pouco de mais mas pelos vistos tem rendido.
    Beijinhos e boas leituras;)

    ResponderEliminar