domingo, 22 de janeiro de 2012

"Uma noite não são dias" de Mário Zambujal

Título:"Uma noite não são dias"
Autor: Mário Zambujal

3.º Edição:Dezembro de 2009
Páginas: 128
Editor:Planeta
ISBN: 9789896570309

Sinopse
"Na Avenida Vertical, nome de uma torre habitacional de 98 andares, símbolo citadino do ‘esquisito ano de 2044’, ocorrem dois misteriosos assaltos: o roubo de um helicóptero no heliporto que encima o edifício e o roubo de uma coroa de uma rainha portuguesa na Praça das Artes, uma das várias praças interiores. Nesta atmosfera de mistério desfilam as personagens principais: Antony, um historiador, a mulher Grace e o amigo escultor, James.
Segundo a editora Planeta, "Uma noite não são dias" é "uma crónica inteligente da época em que vivemos". Para além disso, a perspectiva original sobre as presumíveis evoluções que encontramos caricaturadas na prosa ágil de Mário Zambujal "leva o leitor do sorriso à gargalhada." (site wook).
Minha Opinião:
Gostei imenso de ler este pequeno livro, a minha maior pena é o facto de não ter feito uma leitura continuada. Mas muito sinceramente para mim foi um livro soberbo na arte de fazer rir. Mário Zambujal, escritor que descobri este ano, surpreende-me mais uma vez e sempre pela positiva.
Bom o enredo ocorre no ano de 2044, onde o mundo que nós conhecemos agora é analisado com um sentido de humor único e hilariante.Escrever cartas e postais à mão, nem pensar, carros e máquinas respondem e são activados pela voz humana, mulheres comandam e chefiam as diferentes áreas do poder. Comida caseira é um luxo a que poucos se dão ao requinte de a poder confessionar e bem, claro!
Este livro é de um humor brilhante, adorei, aconselho... por momentos ri e sorri do ser humano...
Excertos:
"-Assim seja. Os noticiários da manhã também revelaram que o campeonato feminino de futebol tem o triplo de espectadores do que o campeonato masculino.
- É natural, elas jogam melhor. Em compensação, sejamos justos, há dois homens nos cinco primeiros lugares da Fórmula Um." (pág.19)
Classificação: Muito Bom 4/7
Boas leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário