quarta-feira, 28 de março de 2012

"Os Contos de Beedle o Bardo" de J.K.Rowling

Título original:"The Tales of Beedle the Bard"
Título em Portugal:"Os Contos de Beedle o Bardo"
Autora: J.K. Rowling
1.ª Edição: Dezembro de 2008
Páginas: 110
Editor: Editorial Presença
ISBN:  97898722340571
Tradutora: Marta Fernandes e Manuela Madureira



Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para leitura orientada na sala de aula com alunos do 5º e 6º ano de escolaridade que ainda não adquiriram hábitos de leitura. 



Sinopse:
Em Harry Potter e os Talismãs da Morte, o sétimo e último livro da saga, Albus Dumbledore ofereceu a Hermione um livro de contos baseados na tradução das runas antigas e ajudaria Harry na sua derradeira missão - destruir os Horcruxes de Lord Voldemort. Assim, em Os Contos de Beedle, o Bardo, encontramos os cinco contos que compõe o livro e, apesar de O Conto dos Três Irmãos ser contado no último volume da saga, os restantes quatro são revelados pela primeira vez. Cinco histórias fantásticas que irão deliciar, divertir e arrepiar tanto Muggles como feiticeiros.

Escrito e ilustrado por J. K. Rowling, parte dos lucros da venda deste livro reverterão a favor do Children’s High Level Group, uma instituição de beneficência que luta pela defesa e promoção dos direitos das crianças, com o objectivo de dar uma vida melhor a crianças e jovens desfavorecidos.



Minha opinião:

Este livro é constituído por cinco contos, sendo estes os seguintes: 
  1. O Feiticeiro e o Caldeirão Saltitante;
  2. A Fonte do Justo Merecimento;
  3. O Feiticeiro do coração medonho;
  4. A coelha Babita e a Árvore Tagarela;
  5. O conto dos Três Irmãos.
Gostei muito deste livrinho de contos com que esta escritora nos premiou mais uma vez. Adorei o modo como as personagens da saga de Harry Potter são transportadas para este livro, será de referir que no final de cada conto temos acesso às notas de Albus Dumbledore. Acreditem que em alguns contos estava desejosa por saber o que ele ia dizer, como fosse uma pessoa e crítico literário.

Não quero de forma alguma relatar os contos, mas desde já fica a ideia de que gostei de todos em especial do segundo e do quinto. 
Ao longo da crítica feita por Albus, existe uma comparação entre os Feiticeiros e os denominados Muggles, facto que não deixou de ter a sua graça.

CLASSIFICAÇÃO: MUITO BOM _5_
Boas leituras!

Sem comentários:

Enviar um comentário