sábado, 28 de fevereiro de 2015

Minha opinião sobre o livro _ Primeiro Amor _ de James Patterson e Emily Raymond

Primeiro Amor
de Emily Raymond, James Patterson
Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 288
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626295
Capa: Lauren Harms
Preço:13,94 euros

Sinopse:
"Baseado em acontecimentos reais da vida de James Patterson. 

Axi Moore era uma aluna aplicada. Mas não gostava de dar nas vistas e não contava a ninguém que o que realmente desejava era fugir de tudo. A única pessoa no mundo em quem confiava era Robinson, o seu melhor amigo, por quem estava secretamente apaixonada.
Quando finalmente decide seguir os seus impulsos e quebrar as regras, Axi convida Robinson para a acompanhar na sua longa viagem. Uma jornada intempestiva, marcada pela paixão oculta e pelo desejo de descobrir o mundo. Mas o que no início era apenas uma aventura livre e despreocupada em breve vai tomar um rumo perigoso e incontrolável.
Envolvidos numa sucessão de acontecimentos violentos e dramáticos, os protagonistas são colocados à prova das mais variadas formas. Poderá a primeira grande paixão das suas vidas sobreviver a tudo, até que a morte os separe? 
Um romance notável e extraordinariamente comovente, inspirado no próprio passado de James Patterson. Um testemunho impressionante sobre a força do primeiro amor e as suas consequências para o resto das nossas vidas." retirado do site wook

Retirado do youtube...


Minha opinião:
Todos os que me seguem com atenção sabem que James Patterson é o meu escritor favorito, desde romances, até a séries policiais, tais como a coleção Alex Cross, a coleção Private, A Amante, A trilogia O resgate de Angel, Um Anjo da Guarda, Invisível, Um casamento no Natal,a coleção NYPD Red, Confissões de uma Suspeita de Assassínio, Força de Vontade, Trilogia o Clube das Investigadoras. Tenho-os todos e já li uma boa parte deles e cada vez mais me apaixono pelo escritor e pela sua escrita, os enredos são fenomenais e sempre com uma leitura intensa mas leve na sua escrita. Gosto principalmente de uma das características da estrutura da narrativa que é capítulos pequenos.

Este livro retrata a fuga de dois adolescentes, que desiludidos com a família e com a cidade e o ambiente onde vivem, decidem fugir de casa e ir conhecer o mundo. Será de salientar que a ideia inicial é Axi que depois de muito refletir, com um pai alcoólico e uma mãe que abandonou a família, convida o seu melhor amigo Robinson para alinhar com ela nesta louca aventura. 

O início da história não me agradou. O livro é dividido em duas partes. A Parte Um foi a responsável por tal desagrado. Nesse primeiro momento os autores passam a narrar a trajectória de Axi e Robinson. O caminho traçado por Axi é interessante. 
Cada cidade escolhida para ser visitada tem um significado e Axi vive intensamente cada momento de sua passagem ao lado de Robinson, mas é justamente “a falta de frescura” da personagem que faz com que essas paradas estratégicas não despertem qualquer emoção. Nesse primeiro momento acompanhamos as aventuras de dois jovens completamente inconsequentes. Nada que eles façam ao longo da primeira parte do livro justifica tamanho comportamento.As suas atitudes são infantis. Axi que até então era a menina bem comportada num simples passe de mágica passa a se comportar como uma “bandida sem vergonha”. 
Robinson também deixa a desejar. No começo ele tem atitudes incoerentes. Ora mostra ser um adolescente  descolado, com aquele jeitão sedutor e decidido, depois ele se comporta como um adolescente inconsequente. 

Confesso que fiquei bastante desiludida, isto porque James Patterson, é o meu escritor favorito. Contudo a certa altura levei um susto daqueles. Na transição dos capítulos em direção à segunda parte do livro. Não tem noção do susto que eu levei com a reviravolta da narrativa. É como se eu estivesse a  ler outro livro. Axi e Robinson tornam-se outras pessoas. Em plena viagem os dois são surpreendidos com um acontecimento que poderá transformar a vida dos mesmos para sempre.
A partir da segunda parte do livro, James começa a aprofundar-se nos personagens apresentando-nos a sua história, em que circunstâncias Axi e Robinson se conheceram e como eles se tornaram amigos. 

Foi difícil. Fiquei a segurando a respiração e as lágrimas até o último parágrafo. Não preciso nem dizer que o livro é lindo. Primeiro Amor é uma história “real” já que o próprio James relata que ela foi baseada na sua vida. Ele dedica essa história a Jane Blanchard por quem esteve perdidamente apaixonado. Ele ainda revela que essa história foi entregue ao seu editor no outono do ano de 2010, mas que ela de fato dera início muitos anos antes. Primeiro Amor é um livro sensível sobre a história de amor e amizade de dois jovens com personalidades muitos diferentes, porém completamente apaixonados um pelo o outro. 
Primeiro Amor é um livro que desperta vários sentimentos no leitor. A narrativa é engraçada na medida certa e muito romântica, porém ser piegas, ou seja, um prato cheio para os leitores que gostam do género. Apesar de toda a previsibilidade há de se tirar um bom proveito da história como um todo. 

Conclui a leitura com o meu coraçãozinho destroçado mas com a alegria por James Patterson não me ter desiludido mais uma vez.

Beijinhos e boas leituras;)

8 comentários:

  1. Olá,
    Eu já tive para comprar o livro mas acabei por optar por outro. Nunca li nada de James Patterson mas acho que vou gostar mais da a coleção Alex Cross e da coleção Private. Acho que vou aproveitar a promoção do Correio da Manhã que vai iniciar agora em Março (este livro não está incluído na promoção).
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tânia,
      Tenho a certeza que vais adorar a coleção Alex Cross e Private são policiais magníficos, mas aconselho que leias em separado, isto é, primeiro uma coleção e depois outra, porque senão podes fazer alguma confusão, isto porque são livros com temáticas semelhantes, pelo menos eu fiz confusão.
      Um livro muito lindo deste escritor é Anjo da Guarda se poderes levantar na biblioteca ou comprar, vale a pena, não te vais arrepender.
      Beijocas e boas leituras;)

      Eliminar
    2. Olá,
      Qual a série que gostaste mais Alex Cross ou Private?
      Beijinhos

      Eliminar
    3. Olá Tânia
      Pergunta difícil mas aconselho começares por leres a série Alex Cross. O primeiro livro da série é mesmo "Alex Cross", depois tens vários que não têm sequência mas não confundas com "Eu, Alex Cross" este não é o primeiro.
      Vais gostar de certeza, depois quero ler a tua opinião....
      Beijocas e boas leituras;)

      Eliminar
    4. Ok. Pensei que o Eu, Alex Cross fosse o 1º livro.
      Mas como cheguei à conclusão que se comprar todos os livros, da promoção, não vou poder comprar outros optei por comprar apenas os Private (gostei mais da sinopse). A minha dúvida é se fiz a escolha certa ou se devia ter escolhido a série Alex Cross?
      Assim que os acabar de ler dou a minha opinião e até podemos trocar opiniões, se quiseres.
      Beijinhos

      Eliminar
    5. Olá
      Private é uma excelente aposta acredita que vais gostar.
      Beijocas;)
      Boas leituras!

      Eliminar
  2. Eu confesso que ainda não tive qualquer contacto com as obras deste autor, mas quero muito fazê-lo porque só ouço maravilhas sobre este autor, especialmente dos seus policiais.
    Estou com especial curiosidade em perceber como é que ele se safou neste romance, porque ele é mais conhecido pelos seus policiais, mas como são estilos de escrita muito distintas, estou curiosa nesse aspecto.
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá
      Aconselho a leres a saga policial Alex Cross ou Private são policiais maravilhosos. Este para o género romance não é o melhor que ele tem, podes experimentar Anjo da Guarda ou então Abre o teu coração.
      Beijocas e boas leituras;)

      Eliminar