domingo, 10 de maio de 2015

Minha opinião sobre o livro "Amor por Encomenda" da escritora Catherine Mckenzie

Amor por Encomenda
de Catherine McKenzie
Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 320
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898491817
Preço:14,93 euros
Comecei a ler:08-05-2015
Terminei de ler:09-05-2015
Sinopse:

"Anne Blythe tem razões para sorrir: acaba de receber uma aliciante proposta para publicar o seu primeiro livro. Mas no que toca a relações amorosas, a situação é muito pouco animadora. Após mais um relacionamento falhado, Anne encontra na rua um cartão de uma empresa que ela julga ser de promoção de encontros românticos. Interpretando-o como um sinal, acaba por guardá-lo.
Farta de ver as pessoas à sua volta felizes no amor, Anne decide, num impulso, experimentar a empresa que a poderá ajudar a encontrar, finalmente, o homem da sua vida. Mas esta empresa não é bem o que parecia.
Trata-se afinal de um sofisticado — e caro — serviço que proporciona aos seus clientes um casamento arranjado, com tudo incluído. Anne começa por rejeitar a ideia, mas quanto mais pensa no assunto mais entusiasmada fica. Se os casamentos arranjados resultam para milhões de mulheres em todo o mundo, porque não haveria de resultar com ela? Além disso, o serviço afirma que só fracassou em 5 por cento dos casos.
Meses depois, Anne encontra-se num resort mexicano pronta para casar com Jack, o seu «par perfeito». E tudo parece correr bem. Mas será possível encomendar o amor verdadeiro?" retirado do site wook

Críticas de imprensa...
«Uma história divertida e imparável sobre uma mulher que procura o amor e o casamento, não necessariamente por essa ordem.»
Elle

«Um romance feminino para mulheres reais, que apresenta uma astuta protagonista marcada pelo falhanço amoroso. O humor varia entre o sarcasmo mais agudo e a farsa, e a voz da narradora é contagiante. Uma nova autora a ter em conta.»
Booklist

«Catherine McKenzie explora com mestria o que faz funcionar um casamento e aquilo que as pessoas estão dispostas a fazer para encontrar o verdadeiro amor.»
Publishers Weekly

Book trailler:

Minha opinião:
Mais uma nova escritora que entra directamente para o role das minhas favoritas do ano 2015. Pois devem estar a pensar todas as escritoras vão para o role das preferidas deste ano, se tiver de ser é.
Adorei a forma simples da sua escrita, os diálogos, o tema do livro é muito engraçado e ainda se torna mais pela forma como a autora o aborda.

A protagonista do livro é Anne Blythe, uma mulher de 33 anos realizada em termos profissionais mas que tem graves problemas em no que diz respeito aos seus assuntos amorosos. Anne apaixona-se sempre pelo mesmo tipo físico de homem, todos do tipo Pierce Brosnan, e infelizmente, pelo mesmo tipo intelectual, egocêntricos e imaturos, que não levam as relações demasiado a sério, ao contrário dela, que se entrega por completo nas suas relações. Ou seja, ela teve quatro relacionamentos, todos eles com homens lindos de morrer, mas nenhum deles funcionou. 
Anne procura nas suas relações o seu príncipe encantado, mas esquece-se que na vida real não existem esse tipo de homens, então acaba sempre por sofrer imenso e por se culpabilizar por as relações não darem certo. 
Um dia ela vai a caminho de um encontro com a sua melhor amiga, Sarah, e encontra no chão um cartão de visita que diz: 

Blythe & Company
 Relacionamentos Arranjados
4300, Cunningham Street
20.º andar
(555) 458-4239

Anne mete o cartão ao bolso e não pensa mais nisso, até ao dia em que a sua melhor amiga diz que vai casar. Ai Anne sente-se completamente só e vê todos em seu redor casados e com filhos. É quando decide ligar para a Companhia de Relacionamentos Arranjados.
Pois bem, agora resta saber se funcionou ou não...e se funcionou se correu bem ou não...isso não vos posso contar, têm que ler o livro, mas vale a pena acreditem. Muita água vai correr até ao final do livro.
Só uma coisinha para abrir o apetite, Anne só conhece o seu futuro marido no dia antes do casamento...hum mm.

Interessante, intenso, fez-me rir, fez-me chorar, enfim é um livro que tem todos os condimentos necessários para ser considerado um excelente livro.

P.S. O nome dela é Anne e do irmão é Gil, pois a mãe deles é obcecada pelo livro "Anne dos Cabelos Ruivos".

Espero que leiam o livro e que gostem tanto como eu gostei, é uma leitura bem leve mas que para mim me trouxe uma torrente de emoções.

Excertos:
«A regra dos meus pais é que temos de ter três encontros com uma pessoa antes de a descartarmos para sempre. Porquê? Porque eles tiveram dois encontros horríveis, e foi só no terceiro que encontraram o seu ritmo. Eu sempre partira do princípio de que a minha mãe continuou a ir aos encontros por causa do apelido do meu pai (ela podia casar com um homem chamado Blythe, tal como a Anne dos Cabelos Ruivos!) e o meu pai continuou a sair com ela porque a minha mãe era a mulher mais gira que alguma vez saíra com ele.» pág.75

«Agora não quero, como diriam os meus filhos, que vocês se passem. Parecem mesmo ter criado uma espécie de ligação, e por isso é encorajador. Vão precisar de uma ligação para enfrentar esta experiência única em conjunto. Mas se continuarem a ressentir-se da minha orientação e a ignorar os meus conselhos, isto não vai acabar bem.» pág.140

«...então estamos a caminho de Coba, o local da pirâmide maia mais alta na península do Iucatão. - Ele pronuncia a palavra «maia» da mesma maneira que Pumas: Maaaiiiaaa. - As pessoas pensam que a pirâmide de Chichén Itzá é a mais alta, mas estão enganadas.» pág.174

« - Está enganado. Eu preciso de ajuda.
Ele parece firme.
  - Não, não precisa. Só precisa de ser honesta consigo mesma sobre o tipo de vida que quer. E quando fizer isso, saberá o que quer e como consegui-lo.» pág.282

Boas leituras.

4 comentários:

  1. Olá,
    Já tinha visto a sinopse deste livro mas não chamou a minha atenção. Achei a ideia do livro um pouco parva mas agora que vi a tua opinião fiquei curiosa. Talvez o leia.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tânia,
      Este livro foi uma excelente surpresa, também estava um pouco expectante quanto ao que a leitura me reservava e fiquei muito contente por o ter adquirido. Aconselho a sua leitura.
      Beijocas e boas leituras.

      Eliminar
  2. Olá,
    Já tinha visto a capa deste livro por aí, afinal de contas foi um lançamento relativamente recente, contudo ainda nem tinha visto a sinopse, mas parece ser um livro engraçado.
    Parece que estás como eu este ano, são só boas leituras e autores que vão para o top, contudo tenho pena de não conseguir ter tempo para ler mais, mas estou com esperança de ler mais nas férias de Verão, já tu consegues mesmo devorar os livros. Isso é excelente :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,
      Adorei o livro e recomendo vivamente.
      Pois este ano tenho realmente devorado livros, faço parte daquele grupo de professores que ao fim de muitos anos de serviço ficaram no desemprego, então entrego-me à leitura para não me dar a depressões e coisas do tipo. E também adoro ler, claro.
      Beijinhos e boas leituras.

      Eliminar