segunda-feira, 18 de abril de 2011

"Código Da Vinci" de Dan Brown

O Código Da Vinci
de Dan Brown
Edição/reimpressão: 2004
Páginas: 544
Editor: Bertrand Editora
Sinopse:
"A Bertrand edita O Código Da Vinci, um impressionante êxito mundial em que Dan Brown se revela um génio criativo não só a nível do suspense mas também da própria complexidade do enredo.
O Código Da Vinci é uma obra simultaneamente vertiginosa, inteligente e intricadamente recheada de elementos científicos e de pormenores inesperados.
Harvard Robert Langdon, conceituado simbologista, está em Paris para fazer uma palestra quando recebe uma notícia inesperada: o velho curador do Louvre foi encontrado morto no museu, e um código indecifrável encontrado junto do cadáver. Na tentativa de decifrar o estranho código, Langdon e uma dotada criptologista francesa, Sophie Neveu, descobrem, estupefactos, uma série de pistas inscritas nas obras de Leonardo Da Vinci, que o pintor engenhosamente disfarçou.
Tudo se complica quando Langdon descobre uma surpreendente ligação: o falecido curador estava envolvido com o Priorado do Sião, uma sociedade secreta a que tinham pertencido Sir Isaac Newton, Botticelli, Victor Hugo e Da Vinci, entre outros." (Retirado do site Wook, igual à contracapa)

Autor_Dan Brown:

"O escritor norte-americano Dan Brown nasceu em 1965 em New Hampshire, nos Estados Unidos da América, sendo filho de um professor de Matemática e de uma intérprete de música sacra. Brown estudou no liceu local e mais tarde licenciou-se na Universidade de Amherst.
Mudou-se para Los Angeles onde tentou fazer carreira como compositor, pianista e cantor. No entanto, este plano de vida fracassou e Dan Brown acabou por ir estudar história da arte em Sevilha, em Espanha. Entretanto, a meias com a mulher, escreveu o livro 187 Men to Avoid: A Guide for the Romantically Frustrated Woman.
Em 1993 regressou a New Hampshire para se tornar professor de inglês na escola onde tinha estudado. Passados dois anos, os serviços secretos norte-americanos foram à sua escola buscar um aluno que consideravam uma ameaça nacional por ter escrito, na Internet, que era capaz de matar o presidente Bil Clinton. Dan Brown ficou tão interessado no assunto que começou a fazer pesquisas sobre a Agência Nacional de Segurança. Acabou por resultar desse interesse a escrita do seu primeiro romance Digital Fortress, que foi lançado em 1996 com algum sucesso.
Era um romance baseado na violação de privacidade e em conspirações, tendo por sustentação as novas tecnologias.
Quatro anos depois do seu romance de estreia, lançou Angels and Demons, seguindo-se em 2001 Deception Point. Finalmente, em Março de 2003, Dan Brown lançou no mercado norte-americano The Da Vinci Code (O Código Da Vinci), que logo no primeiro dia vendeu mais de seis mil exemplares, tendo-se tornado num dos livros mais vendidos de sempre em todo o mundo, com publicações em 42 línguas.
O Código Da Vinci é um romance policial que tem como protagonista um simbologista norte-americano. Através da obra de Leonardo Da Vinci, onde encontra várias mensagens codificadas, tenta arranjar provas para desvendar um segredo com centenas de anos. No livro surgem instituições como a Opus Dei e o Priorado do Sião.
A obra chegou a Portugal em 2004 e ao fim de poucos meses atingiu as onze edições. O sucesso deste livro levou a que fosse anunciada uma adaptação cinematográfica e uma sequela literária." (retirado na integra do site Wook)
 Minha Opinião:
A leitura deste livro  foi feita no ano de 2004, esta era a obra que nos bombardeava em todos os meios de comunicação social. Eram mais que muitas as entrevistas e os documentarios realizados em torno do livro e do seu escritor. 
Talvez por estar a fazer esta critica seis anos após a leitura deste livro, não consiga entrar nos promenores da obra, contudo lembro muito bem de todos eles. Foi uma leitura muito enrriquecedora em factos históricos e que foi feita num relâmpago. 
Depois deste livro não li mais nada de Dan Brown, apesar de ter cá por casa as seguintes obras do escritor:"Anjos e Demónios", "Conspiração" e "Fortaleza Digital".
Boas leituras;)

9 comentários:

  1. Já li este há algum tempo.
    Realmente na altura estava por todo o lado.
    Era o livro do momento.
    Também tenho cá o Anjos e Demónios por ler.
    Boas leituras e beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Tb li este livro qd era "moda" e gostei bastante, bem como outros dele que li (Anjos e Demónios e Fortaleza Digital) a Conspiração e O Simbolo Perdido tb moram na minha prateleira, à espera de ocasião para os ler...

    Boas leituras

    ResponderEliminar
  3. Pois é tinha-me esquecido do Simbolo perdido, esse comprei para oferecer ao meu sobrinho:)

    Boas leituras...

    ResponderEliminar
  4. Adorei este livro! Já li todos os livros do Dan Brown, até aqueles com menos notoriedade, fiquei fã de cada um deles, são fantásticos! No entanto, com tanta leitura deste autor acabei por achar o Símbolo Perdido mais previsível, mas nem por isso, menos digno de toda a admiração para com todas as suas excelentes obras.

    ResponderEliminar
  5. Olá Carlinha.
    Li o livro logo que saiu. Na altura gostei.Era um livro diferente, misterioso.
    Vi o filme quando estreou. Não gostei.
    Não fiquei fã do autor.
    Da tua lista de leituras selecciono "A sombra do vento". Vais adorar!
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Li este livro, muito depois de "estar na moda", como já referiram. Comprei por achar que era uma boa leitura de praia, e quando o comecei a ler, simplesmente não o conseguia largar. O mistério e todo o enredo da história prendeu-me bastante. A seguir ao Código Da Vinci, li a Conspiração e o Símbolo Perdido, goste dos dois, Dan Brown tem aquela escrita que prende bastante, pode nem ser uma história fenomenal, mas prende =)

    Books Lovers

    ResponderEliminar
  7. Teresa Dias:
    Olá tal como tu também não gostei do filme. Já estou a desfolhar "A Sombra do Vento" e a adorar.

    Books Lovers:

    Eu também não dei oportunidade aos outros livros dele mas ainda bem que gostas-te eu tenho os outros aqui por casa tenho que lhes dar uma oportunidade;)

    Boas Leituras.

    ResponderEliminar
  8. Já o li há uns anos valentes e confesso que gostei de o ler, foi agradável mas nunca mais tentei ler outro livro de Dan Brown, por mais sinopses que leiam parece-me sempre que vou encontrar mais do mesmo e não gosto disso. Foi um livro bastante célebre e talvez seja difícil para o autor de sair desse registo. Ainda assim é um bom livro para passar bons momentos mergulhado numa história cheia de acção e mistério.

    ResponderEliminar
  9. Olá Carlinha!
    Eu li três livros de Dan Brown: O código da Vinci, A Conspiração e o Anjos e Demónios que se revelou ser o meu favorito. Na altura, gostei imenso. Agora, não estou com muita vontade de ler outro livro dele. Talvez no futuro...

    Bjinhos e boas leituras!

    ResponderEliminar