domingo, 29 de março de 2020

25# Opinião | "Chapéus há muitos, Unicórnio! de Dana Simpson

Sinopse:
Os unicórnios não são todos iguais. E a Pureza de Narinas Celestiais não é um unicórnio qualquer. É a babysitter mais encantadora de todos os tempos. É uma luz de presença e uma rede WI-FI ambulante. Sabe debater longamente sobre a polémica questão «brilhar» versus «resplandecer». Resumindo, é o melhor unicórnio que a Bia poderia desejar!

Deixa-te conquistar por mais uma aventura mágica da Bia e da sua mítica melhor amiga, enquanto esta dupla adorável aprende a dar valor ao poder da amizade e continua a questionar o que é ser realmente fixe.

Opinião:
Mais uma leitura muito divertida, que descontraiu neste período de quarentena que estamos todos a viver.
Não posso desenvolver mais sobre o enredo, para além do que está na sinopse. 
Estes livros da coleção Bia e o Unicórnio têm ilustrações fantásticas, adoro!

Classificação de 4**** no Goodreads.

Boas leituras!
#FicaEmCasa ❤

sábado, 28 de março de 2020

24 # Opinião | "A Tempestade mágica" de Dana Simpson

Sinopse:
"Nem todas as tempestades são o que parecem. E o pior é quando deixam a Pureza de Narinas Celestiais sem magia! Vem descobrir como é que a Bia e o Unicórnio desvendam este mistério. OS UNICÓRNIOS EXISTEM! E são ótimos amigos, Mas também um bocado snobs."(retirado do site wook)

Opinião:
Mais uma deliciosa aventura da Bia e o seu unicórnio, Pureza de Narinas Celestiais. Neste livro o nosso unicórnio está a ficar sem rede mágica e sem a magia muita coisa deixa de existir. Tudo isto acontece em princípio devido a uma tempestade que deixou toda a cidade às escuras.
Bom mais um livrinho fantástico e que me deixou encantada neste mundo da Bia e o seu unicórnio.

Classificação 4**** no Goodreads.

Boas leituras!
#FicaEmCasa ❤

23 # Opinião | "Unicórnio sobre rodas" de Dana Simpson

Sinopse:
"Ter 9 anos e sobreviver à escola não é tarefa fácil. Felizmente para a Bia, ter um unicórnio como melhor amigo torna tudo muito mais simples - e espetacular!
E nada é tão espetacular como a amizade entre a menina mais encantadora e sonhadora, a Bia, e a criatura mítica mais vaidosa à face da Terra, a Pureza de Narinas Celestiais."(retirado da wook)


Opinião:

Simplesmente fantástico!
Foi uma lufada de ar fresco. A sério;) nesta época em que vivemos esta pandemia do corona vírus, este livro proporciona momentos tão bons, tão divertidos e que me fizeram esquecer durante a leitura todos os problemas relacionados com o isolamento social, ou quarentena. Honestamente fiquei rendida e quero continuar a ler os livros desta série.
Aconselho a todos;)
A Bia e o unicórnio são personagens extraordinárias, estão muito bem concebidas, adorei a grafia, está muito bem conseguida. As aventuras da Bia e Unicórnio são recomendas para as crianças a partir dos 9 ano e eu acrescento pode ser lida até aos 100 anos.


Classificação 4**** no Goodreads


Excelentes leituras!
#FicaEmCasa ❤

terça-feira, 24 de março de 2020

22 # Opinião | "Traz-me de volta" de B. A. Paris

Sinopse:
"Ela desapareceu. Ele seguiu a sua vida. Muitos segredos ficaram por revelar.
Finn e Layla são jovens, estão apaixonados e têm a vida toda para serem felizes. Ao regressarem de umas férias em França, já de noite, Finn para numa estação de serviço, deixando Layla sozinha dentro do carro . Minutos depois, ao dirigir-se de volta à viatura, descobre que a namorada desapareceu. E nunca mais a viu . Esta é a história que Finn conta à polícia. É a verdade - mas será toda a verdade?
Passaram-se doze anos. Finn construiu, entretanto, uma nova vida ao lado de Ellen, irmã de Layla. Um dia, alguém que ele conhece do passado telefona-lhe e diz-lhe que a viu. Mas será mesmo Layla - ou alguém a querer passar-se por ela? Se for Layla, o que quererá? E o que terá ela a dizer sobre a noite em que desapareceu? Um tour de force de suspense psicológico, este novo romance da autora bestseller B.A.Paris leva o leitor a questionar tudo e todos até ao clímax admirável."retirado da contracapa

Opinião:
Este foi o primeiro livro que li da escritora B.A.Paris. Apesar de ter conhecimento dos dois livros anteriores dela, "Ao Fechar a Porta" e "À Beira do Colapso".
O livro "Traz-me de Volta" fala sobre o Finn e a Layla, o enredo começa com o Finn a contar o que aconteceu no presente quando nos relata o que aconteceu no parque de estacionamento onde Layla desapareceu.
No presente Finn vive com Ellen, irmã mais velha de Layla,contudo ele continua agarrado ao seu passado com Layla, a mulher que ele amou logo à primeira vista. Para piorar toda esta mostalgia, começam a aparecer bonecas russa em vários sítios onde ele e Ellen vão. Mas estas bonecas russas fazem parte da história das irmãs, Ellen e Layla, o que torna tudo isto mais intrigante. Ellen fica perturbada e pensa que a sua irmã está viva, Finn relembra tudo o que aquela boneca significa, tanto para as irmãs como para ele.
Entretanto, Finn começa a receber e-mails de um endereço que não conhece, mas a pessoa que envia os e-mails parece conhecer muito bem o passado e presente de Finn.
Este livro é escrito de uma forma que eu gosto bastante, ou seja, capítulos curtos, intercalando, o passado e o presente, isto na primeira parte. Na segunda parte continuamos com capítulos curtos, intercalados entre a narração de Layla e o Finn. 

Confesso que no início o livro prendeu, depois começou, a meu ver, a ser mais do mesmo, no final da primeira parte voltou a prender-me e fiquei viciada até ao final. O final para mim foi algo que não estava a contar. Não vou dar três estrelas, pois prendeu-me o início da leitura, confesso que a leitura  tendo  pontos muito altos, no geral foi uma leitura que gostei muito. 

Classificação de 4**** no Goodreads.

Boas leituras!

#FicaEmCasa ❤

sexta-feira, 20 de março de 2020

21 # Opinião | "Verity" de Colleen Hoover

Sinopse:
"Lowen Ashleigh é uma escritora que se debate com grandes dificuldades financeiras, até que aceita uma oferta de trabalho irrecusável: terminar os três últimos volumes da série de sucesso de Verity Crawford, uma autora de renome que ficou incapacitada depois de um terrível acidente.
Para poder entrar na cabeça de Verity e estudar as anotações e ideias reunidas ao longo de anos de trabalho, Lowen aceita o convite de Jeremy Crawford, marido da autora, e muda-se temporariamente para a casa deles. Mas o que ela não esperava encontrar no caótico escritório de Verity era a autobiografia inacabada da autora. Ao lê-la, percebe que esta não se destinava a ser partilhada com ninguém. São páginas e páginas de confissões arrepiantes, incluindo as memórias de Verity relativas ao dia da morte da filha.
Lowen decide ocultar de Jeremy a existência do manuscrito, sabendo que o seu conteúdo destroçaria aquele pai, já em tão grande sofrimento. Mas, à medida que os sentimentos de Lowen por Jeremy se intensificam, ela apercebe-se de que talvez seja melhor ele ler as palavras escritas por Verity. Afinal de contas, por mais dedicado que Jeremy seja à sua mulher doente, uma verdade tão horrenda faria com que fosse impossível ele continuar a amá-la."

Opinião:
Bom mas que livro fantástico, adorei simplesmente, a sério não estava a contar com um livro deste tipo sendo ele da Colleen Hoover. 
Eu já li todos os livros desta escritora, errado, faltam-me ler dois "Confesso" e "A ilusão de Merit", gostei muitos dos seus romances, agora este ano com a leitura do livro "Isto acaba aqui" notei uma mudança no seu estilo literário o que se comprovou com este livro. Tal como vem na capa este livro é realmente perturbador, arrepiante, inesperado e certamente inesquecível.
Confesso que estou a escrever esta opinião ainda a quente, terminei o livro à uma hora, se tanto, mas eu gosto de escrever as minhas opiniões assim.
Este livro é thriller muito bem estruturado, quem não conheça os livros anteriores fica a pensar que Colleen escreveu sempre este género.
Tudo o que posso dizer sobre o enredo e para não dar spoilers está na sinopse.
Eu adorei as personagens, desde a Lowen que vai para a casa da Verity que se encontra presumivelmente acamada após um acidente muito grave. Lowen vai para lá para conhecer melhor a escritora Verity para conhecer melhor o modo como ela escreve, desta forma conseguirá dar sequência à sua série. Mas tudo muda desde o momento que ao entrar no escritório da Verity e procurar os seus apontamentos ela encontra a autobiografia de Verity...Lowen começa a ler e é aqui nesta mistura entre o que está a acontecer na mansão e o que ela vai lendo da autobiografia que reside todo o fascínio do livro. Aqui a Colleen ganha muitos pontos, adorei esta estratégia, se posso chamar assim, da escritora. A forma como nos prende nos momentos da autobiografia e suavizando ou não nos momentos mais leves. Não quero mesmo dar spoilers mas não percam esta leitura é fascinante eu adorei. Fico a aguardar por mais livros com este lado negro da escrita de Colleen Hoover.

Classificação de 5***** no Goodreads.

Boas leituras!

#FicaEmCasa ❤

quinta-feira, 19 de março de 2020

Mensagem para todos ...

Espero que todos se encontrem bem e as suas famílias também. 
Nos tempos que correm temos de ser acima de tudo otimistas, pensar que todos os sacrifícios que estamos a realizar são em prole de um fim, que é, proteção pessoal, familiar e social. Não esquecer de cumprir com o que governo nos pede. Estamos em estado de emergência por isso vamos aproveitar o nosso tempo para estar com a nossa família, estar connosco também é urgente termos momentos de refleção. Aproveitem para ler, não só sozinhos como em família. Vamos aproveitar para criar hábitos de leitura na nossa família, caso estes não existam, façam maratonas de leitura familiar... façam jogos e se não os tiverem construam...

Acima de tudo não desanimem nem fiquem ansiosos, temos de ser pacientes e tolerantes com os que nos rodeiam. 

Beijinhos e excelentes leituras.

terça-feira, 17 de março de 2020

20 # Opinião | "Rosa de Inverno" de Nora Roberts

Sinopse:
"Há muito tempo, Deirdre foi amaldiçoada por uma tia invejosa e malévola que a prendeu num mundo onde é sempre inverno e onde a jovem é incapaz de amar. Um dia, Deirdre descobre um jovem soldado ferido e caído na neve. A esvair-se em sangue depois de terríveis combates, as forças do soldado estão a desaparecer, mas um toque de Deirdre cura-o milagrosamente das suas feridas mortais. 
Incapaz de resistir à sua salvadora, o jovem deseja ficar para sempre ao seu lado mas o inverno cruel e impiedoso mantém as suas garras sobre Deirdre e nem o amor poderá ter a força de o quebrar."

Opinião:
Este conto de Nora Roberts faz parte de um conjunto de seis livros que foram lançados pela revista Flash. São eles os seguintes:
- "Uma Terra Distante"
- "Hora do feitiço"
- "Em sonhos"
- "Para sempre"
- "Enfeitiçado" 
O único lido até agora foi "Enfeitiçado" opinião está aqui .

Gostei muito da história que este pequeno livro narra. Faz muito tempo que não leio a Nora Roberts, faz igualmente muito tempo que não leio fantasia. Ao juntar estas duas necessidades de leitura, faz com que eu tenha adorado este conto.
Deirdre é filha de Fiona, esta última teve uma irmã gémea a Ernia, as duas apaixonaram-se pelo mesmo homem, mas Fiona engravidou dele. O pai das irmãs decidiu que Fiona teria de casar com esse trovador e a Ernia foi mandada para o Palácio dos Suspiros. Tal decisão deixou Ernia enlouquecida de raiva e toda esta loucura e raiva fez ela lançar um feitiço: Inverno, anos infindáveis de inverno. Um mar de gelo que isolasse do mundo o Castelo da Rosa. A criança no seu ventre nunca conheceria o calor do sol estival no seu rosto, nunca passaria num prado, nem veria uma árvore dar fruto. Foi assim que surgiu a Ilha do Inverno, no Mar de Gelo.
Na ilha do Inverno vive a nossa protagonista, a Deirdre. Certo dia ela encontra Kylar, um jovem príncipe que ficou ferido numa batalha. Deirdre leva-o para o seu palácio e cura-o com os seus puderes.
Será que o príncipe também consegue curar Deirdre com o seu amor?.
Classificação de 4**** no Goodreads.
Boas leituras!
#FicaEmCasa ❤