quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Opinião | "29 segundos" de T. M. Logan



Sinopse:
Que se consegue Fazer em 29 segundos...

E se uma única chamada de 29 segundos conseguisse mudar a sua vida para sempre?

"Dê-me um nome. Uma pessoa. E eu faço-a desaparecer..."

Quando Sarah salva uma menina em apuros, não espera nada em troca, mas o seu ato de bravura coloca um poderoso e perigoso homem em dívida para com ela. Vive de acordo com o seu próprio código brutal e todas as dívidas têm de ser saldadas, e da única forma que conhece.

Propõe a Sarah uma forma de resolver a situação desesperante com o seu chefe insuportável. Uma oportunidade única que fará com que todos os seus problemas desapareçam.

Sem consequências. Sem retorno. Sem hipótese de ser descoberta. Só é preciso fazer um telefonema de 29 segundos.

Pois qualquer pessoa tem um nome para dar, não tem?


Sobre o livro 

«Incrível! A sensação de impotência torna-se quase insuportável. Prepare-se para ranger os dentes e roer as unhas quase até ao amargo desenlace.» 
Liz Lawler, autora do bestseller Não adormeças 

«Um dilema moral + um enredo enérgivo = thriller viciante. Fiquei acordada até muito tarde a ler este!» Louise Jenson
«Um thriller atual e cheio de impacto, com um enredo que provoca emoção enquanto nos mantém em suspense. TM Logan  vai abraçar um novo exército de fãs com este brilhante segundo livro.» 
Phoebe Morgan, autora de The doll house


Sobre o autor: 
TM LOGAN. Tim nasceu em Berkshire e estudou em Londres e Cardi antes de se dedicar ao jornalismo num jornal nacional. Atualmente, dedica-se à escrita a tempo inteiro e vive em Nottinghamshire com a mulher e os dois filhos.



Opinião:
Gostei, não posso dizer que adorei, simplesmente gostei. Após a leitura da sinopse, que realizo sempre antes de ler um livro, confesso que contava com um triller mais absorvente, desta forma me proporciona-se uma leitura mais compulsiva. Foi um livro que se arrastou muito, onde a entrada de alguns personagens, a meu ver não serviu para nada, nomeadamente o marido e de  certo modo os filhos.
Aspeto que gostei foi a abordagem do assédio no trabalho, tendo em conta que quem escreveu foi um homem, ele conseguiu descrever muito bem os sentimentos da protagonista e de outras vítimas de assédio no local de trabalho. 

Sarah é vítima de assédio no trabalho pelo diretor do seu departamento, existem outras colegas que se queixam do mesmo. 
Sarah tem a hipótese de dar um nome de alguém e essa pessoa será eliminada, ou...

Este livro devia ter menos umas 50/70 páginas.
Gostei, honestamente nem sei se gostei realmente, mas uma coisa é certa, não  enchei-o as medidas, vou atribuir as 3 estrelas pelas voltas e reviravoltas que o livro tem e que me deixou agarrada, mas farta, à leitura.

Esta leitura foi realizada para a Maratona Final do Ano, no tópico _ Do género thriller ou suspense _.

Classificação de 3*** no Goodreads.

Excelentes leituras! 

Sem comentários:

Publicar um comentário