quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Opinião | "Mais Lindo que a Lua" de Julia Quinn

Sinopse:
Mais Lindo Que a Lua, primeiro livro primeiro livro da série Irmãs Lyndon, é uma história irresistível sobre sobre reencontro e desafios, romantismo e perseverança.
Foi amor à primeira vista. Mas Victoria Lyndon era a filha do vigário, e Robert Kemble, o elegante conde de Macclesfield. Foi o que bastou para os pais dos dois serem contra a união. Assim, quando o plano de fuga dos jovens deu errado, todos acreditaram que foi melhor assim.
Sete anos depois, quando Robert encontra Victoria por acaso, não consegue acreditar no que acontece: a garota que um dia destruiu seus sonhos ainda o deixa sem fôlego. E Victoria também logo vê que continua impossível resistir aos encantos dele. Mas como ela poderia dar uma segunda chance ao homem que lhe prometeu casamento e depois despedaçou suas esperanças?
Então, quando Robert lhe oferece um emprego um tanto incomum – ser sua amante –, Victoria não aceita, incapaz de sacrificar a dignidade, mesmo por ele. Mas Robert promete que Victoria será dele, não importa o que tenha que fazer. Depois de tantas mágoas, será que esses dois corações maltratados algum dia serão capazes de perdoar e permitir que o amor cure suas feridas?


Opinião:
Devo confessar que Julia Quinn é uma das minha escritora de romances de época favorita, a primeira é Madeline Hunter, não por ordem de gosto mas de conhecimento. Ou seja, Madeline Hunter, foi a escritora através da qual eu me iniciei na leitura de romances de época. Continuo a gostar muito dela mas Julia Quinn tem uma escrita excelente e acho que estas duas escritoras são as que amo ler os seus romances de época.

"Mais lindo que a Lua" é o primeiro livro da duologia Irmãs Lyndon da escritora Julia Quinn.
No início do livro Julia Quinn deixa uma questão sobre se os leitores acreditam ou não no amor à primeira vista.
Victoria e Robert apaixonam-se à primeira vista, mas o pai de Vitoria é um vigário e o pai de Robert um conde. Num dos progenitores concordam com a união dos seus filhos e um grande mal entendido vai separar os amados durante sete longos anos.
Este é um livro que fala de amor de reconciliação e de saber perdoar aqueles que nos fizeram muito mal. Foi impossível não ter ficado completamente rendida a esta leitura, foi lido numa tarde, confesso que sou lenta nas minhas leituras (brincadeira)... Para quem é fã de romances de época e das personagens criadas por esta escritora tem que saborear este livro.
Adorei...estou fã de romances de época e de Julia Quinn.

Esta  leitura foi realizada para a Maratona Final do Ano, no tópico _ Oferecido _.

Classificação de 5***** no Goodreads.

Excelentes leituras!

Sem comentários:

Publicar um comentário