sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

9 # Opinião | " Renascer das Chamas" de Susana M. Almeida

Sinopse:

"É na Festa da Colheita que os caminhos de Cecília e Laerte se cruzam pela primeira vez. Ao contrário de todas as outras raparigas, Cecília não exibe um vestido bonito, ou prende os cabelos num penteado elegante.

Escondida no escuro de um beco, ela observa a festa como uma criança deslumbrada. Mas Cecília não está só, um homem mais velho acompanha-a.
Curioso com o motivo que fez Cecília pedir-lhe ajuda no final da festa, Laerte procura informações sobre o homem que a acompanhava. Informações que acabarão por lhe revelar um segredo que mudará a sua vida. 
Perseguidos, Laerte e Cecília lutam para sobreviver, enfrentando os perigos que surgem no seu caminho. Conseguirão eles chegar sãos e salvos ao seu destino?"

Opinião:

"Renascer das Chamas" foi o primeiro livro que li da escritora Susana M. Almeida. Já tinha lido muitas boas críticas sobre os seus livros e com a leitura deste livro, compreendo os leitores que gostam tanto dos seus livros.
Este livro tem um enredo fantástico e personagens muito bem contruídas e estruturadas.
Adorei a personagem Laerte, um jovem encantador que não olha a meios para ajudar a inicialmente desconhecida Cecília. Cecília é uma jovem que na noite da festa da Colheita pede a Laerte que a ajude.
A partir deste pedido de socorro, Laerte não consegue deixar de pensar como ajudar Cecília, então tudo muda quando ele descobre que ela mora com Mauro, este é chamado de monstro, pelo facto de já ter matado as suas três primeiras mulheres.

Toda a fuga que Laerte e Cecília vão ter de travar está muito bem descrita, de modo a prender o leitor ao livro. Até ao fim estava sempre a pensar como seria o final do livro. Confesso que adorei os dois capítulos extras que a autora escreveu.

Adorei o livro, muitos parabéns Susana ;)

Classificação de 5***** no Goodreads.

Atenção: Quem quiser comprar e outros livros desta escritora, pode procurar pelo no da autora no facebook.

Boas leituras!

Sem comentários:

Publicar um comentário