segunda-feira, 14 de junho de 2021

120 # Opinião | "As vantagens de ser invisível" de Stephen Chbosky

 

Sinopse:
"Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tacteando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo." retirado do goodreads

Opinião: 
Este é o primeiro livro de Stephen Chbosky que li, tenho aqui em casa  o outro livro lançado em portugal que é "Amigo Imaginário". Este escritor demorou cerca de 5 anos a escrever este livro e foi ele mesmo que foi o realizador do filme com o mesmo nome.
Este livro foi um murro no estômago, fala de muitas problemáticas, tais como: ansiedade, depressão, crises de pânico, suicídio, abuso sexual e maus tratos no namoro e no casamento.
Charlie tem 15 anos e vai iniciar o ensino secundário, ele é um adolescente que não tem amigos, aliás ele tem um grande amigo, mas este suicidou-se no início deste ano letivo. A adolescência é por si só uma etapa da vida muito complicada, é a fase em que começamos a olhar para nós e para os outros que nos rodeiam como seres únicos. Todos temos o direito a sermos felizes. Charlie está nesta fase, mas não tem amigos, contudo com o tempo ele cria uma amizade com a Sam e o seu irmão, contudo, estes andam no décimo segundo ano. Charlie apaixona-se profundamente por Sam. Este ano vai ser carregado de novas experiências, a todos os níveis. 
Muito honestamente, terminei o livro mesmo à pouco tempo e confesso, só tenho uma palavra para os definir ... BRILHANTE... 
Por agora não vou ver o filme.
O final foi completamente inesperado, nunca pensei naquele desfecho.

Tenho noção que a minha opinião está confusa mas é o que eu sinto neste momento. Leiam o livro.
Classificação de 5 estrelas no Goodreads.
Boas leituras💓

Sem comentários:

Enviar um comentário